Sexta, 23 Abril 2021 16:22

Confira a entrevista do Presidente da ACI/CDL Mahmoud Amer

Por

1 – Como avalia a gestão da ACI/CDL, frente a pandemia?

Os setores produtivos foram, substancialmente, prejudicados frente a pandemia do novo coronavírus. Foram muitas decisões impostas pelos governantes que tiveram consequências diretas na classe, que sempre trabalhou seguindo os regramentos de saúde, preocupando-se com a comunidade. Nestes momentos de tantas incertezas, a ACI/CDL se reinventou, pôs em prática uma gestão eficiente de crise e desenvolveu ações técnicas que possibilitaram a aproximação do associado, valorizando o diálogo. Dentre as iniciativas, obtivemos importantes resultados na ação #RetornoResponsável, com orientações indispensáveis de prevenção ao vírus, disponibilização de capacitações e consultorias subsidiadas integralmente pela entidade aos associados, campanhas promocionais de fomento ao comércio local e diversas demais ações. No período, também optamos por não reajustar mensalidades e valores de serviços, custeando aumentos impostos pelos fornecedores. Com absoluta certeza, vamos sair fortalecidos frente as dificuldades.

2 – Quais as projeções para o decorrer do ano de 2021?

Iniciamos o ano esperançosos de que haveria uma pequena melhora para os setores produtivos, entretanto fomos surpreendidos mais uma vez por medidas controversas contra a classe. O empreendedor foi tratado como muitas vezes como criminoso e, tal situação, fez-nos decepcionar profundamente com as políticas públicas. Não podemos esquecer que são os setores produtivos que geram emprego e renda e são o motor da economia: sem arrecadação a deles não há arrecadação pública. Mesmo com as inúmeras dificuldades, nos mantemos firmes e fortes nas lutas diárias, pois em momentos como esses surgem os gigantes. O futuro sem pandemia se aproxima. Sem dúvidas, a ACI/CDL está de parabéns por não ter recuado em momento algum, agindo sem medo e tornando-se protagonista não apenas no município, mas a nível estadual.

3 – Em relação a ACI/CDL, quais os próximos projetos que serão desenvolvidos?

Estamos prontos para executar ações assertivas, através de planejamento para os próximos três meses. Destaque para o plano de recuperação empresarial, que será subsidiado integralmente e em

90% pela entidade em duas ações independentes com a parceria do Sistema S, lançamento de capacitações voltadas a temas do momento, além da inauguração do Centro de Inovação e Tecnologia Empresarial ACI/CDL (em parceria com o Senac Camaquã), que acontece em maio. Através da sala de inovação e tecnologia, a associação mantém as diretrizes de implantação de quatro fundamentais projetos: fomento ao 1º emprego com banco de currículos de mão-de-obra especializada, estímulo a startups, portfólio de cursos e serviços de Diagnóstico Empresarial e Alavancagem Empresarial. Enfim, serão diversas iniciativas que contemplam os objetivos e demandas identificadas.

4 – Como avalia o desenvolvimento socioeconômico do município, atualmente?

Entendemos que São Lourenço do Sul possui altíssimo potencial para crescimento. Todavia, faz-se necessários ajustes para tal objetivo, em especial, é imprescindível que entidades, forças vivas da sociedade e Poderes Públicos trabalhem juntos. Evidenciada a situação atual do município, é essencial a criação de lei municipal de incentivos fiscais e econômicos destinados ao desenvolvimento dos setores produtivos, a elaboração de programa para recuperação de empregos e renda, revisão do Plano Diretor, desburocratização, aceleração de processos e investimentos em infraestrutura, que possibilitariam a diminuição de custos e, consequentemente, o aumento da competitividade local. A ACI/CDL sempre estará disposta a ajudar no que estiver ao alcance dela. Um município desenvolvido que apresenta oportunidades somente poderá existir por meio do trabalho conjunto de todos.

5 – Palavra final sobre o aniversário do município.

Gostaríamos de parabenizar a pérola da lagoa pelos 137 anos de emancipação política. Em seus 82 anos, a ACI/CDL traduz o sentimento incansável de luta e trabalho por este município em garra e determinação para sempre seguir em frente com esperanças no futuro, através da construção do presente. Temos orgulho em fazer parte da história de São Lourenço do Sul.

MAHMOUD AMER – PRESIDENTE ACI/CDL GESTÃO 2020/2022

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click