Redação

#juntosContraOCorona | Boletim Informativo 15.05.2021
São Lourenço do Sul registra 6 novos casos de COVID-19 e 1 paciente recuperado.
Os 6 novos casos estão com o vírus ativo:
Mulher de 52 anos do Navegantes 
Homem de 27 anos do Navegantes
Mulher de 27 anos da Lomba
Mulher de 67 anos da Medianeira
Mulher de 29 anos da Avenida
Mulher de 36 anos do Centro
1 paciente está recuperado e deixa a relação de casos com o vírus ativo:
Homem de 43 anos do Centro
O óbito, infelizmente, de um paciente de 72 anos da Medianeira está em análise.
3 pacientes positivados para Covid-19 e 2 suspeitos estão internados na Santa Casa de São Lourenço do Sul. Outro paciente positivado está internado no Centro de Saúde São João da Reserva.
Resumo:
Casos Confirmados: 2.436
Recuperados: 2.324
Casos com vírus ativo: 55
Óbitos: 56
Casos em Isolamento Domiciliar acompanhado pela SMS: 94
Suspeitos aguardando resultado de testagem: 33
Testes laboratoriais e rápidos realizados: 8.515
Pacientes com vírus ativo:
1. Homem de 71 anos do 3º Distrito (Socorro)
2. Mulher de 67 anos do 3º Distrito (Socorro)
3. Mulher de 39 anos do Navegantes
4. Homem de 25 anos do 2º Distrito (Campos Quevedos)
5. Homem de 47 anos do 3º Distrito (Socorro)
6. Mulher de 37 anos do 1º Distrito (Santa Isabel)
7. Homem de 31 anos do Navegantes
8. Homem de 49 anos do Centro
9. Mulher de 89 anos do Navegantes
10. Mulher de 66 anos do Navegantes
11. Mulher de 30 anos do Centro
12. Mulher de 71 anos do 6º Distrito (Coxilha Negra)
13. Homem de 33 anos do 6º Distrito (Coxilha Negra)
14. Homem de 85 anos da Lomba
15. Mulher de 47 anos do 6º Distrito (Coxilha Negra)
16. Homem de 53 anos da Sete de Setembro
17. Homem de 29 anos do Centro
18. Menino de 10 anos do Navegantes
19. Homem de 50 anos do 2º Distrito (Campos Quevedos)
20. Mulher de 41 anos do Balneário
21. Menina de 13 anos da Medianeira
22. Mulher de 25 anos do 2º Distrito (Campos Quevedos) 
23. Mulher de 37 anos do Navegantes
24. Menino de 10 anos do Navegantes
25. Homem de 31 anos do Navegantes
26. Mulher de 53 anos do 1º Distrito (Rincão dos Azevedos)
27. Homem de 56 anos do 1º Distrito (Rincão dos Azevedos)
28. Mulher de 30 anos da Arthur Kraft
29. Mulher de 51 anos da Arthur kraft
30. Homem de 53 anos do Centro
31. Moço de 16 anos da Camponesa
32. Mulher de 78 anos da Lomba
33. Homem de 52 anos da Sete de Setembro
34. Mulher de 31 anos do 2º Distrito (Campos Quevedos)
35. Mulher de 46 anos do Navegantes
36. Homem de 37 anos do Balneário
37. Homem de 39 anos do 2º Distrito (Campos Quevedos)
38. Homem de 46 anos do 3º Distrito (Santa Tereza)
39. Mulher de 30 anos da Barrinha
40. Homem de 22 anos do Centro
41. Homem de 39 anos do Navegantes
42. Homem de 32 anos do Navegantes
43. Mulher de 24 anos da Medianeira
44. Homem de 49 anos do Centro
45. Mulher de 44 anos do Navegantes
46. Moça de 16 anos do 4º Distrito (Caipira)
47. Homem de 20 anos do Navegantes
48. Mulher de 27 anos do Centro
49. Homem de 63 anos do 1º Distrito (Pedrinhas)
50. Mulher de 52 anos do Navegantes 
51. Homem de 27 anos do Navegantes
52. Mulher de 27 anos da Lomba
53. Mulher de 67 anos da Medianeira
54. Mulher de 29 anos da Avenida
55. Mulher de 36 anos do Centro
?️?️?️ Cronograma Vacinal COVID-19 ?️?️?️
CONFIRA NA IMAGEM
A vacinação é para moradores de todos os bairros da cidade e localidades do interior. Quem mora na zona rural pode fazer a vacina na UBS da sua localidade, agendando via telefone o dia e horário da vacinação. As pessoas acamadas também devem agendar na sua UBS de referência.
Para receber a segunda dose da vacina é preciso levar Cartão SUS, Carteira de Vacinação (se tiver), CPF, Carteira de Identidade e comprovante de residência.
Ressaltamos que não é necessário chegar ao local com horas de antecedência, as equipes trabalham rapidamente e haverá doses para todos.
Brigada Militar prende homem por porte ilegal de arma de fogo em Camaquã
Na madrugada deste sábado (15/05), os Policiais Militares da Brigada Militar de Camaquã que compõem a Força Tática, durante patrulhamento de rotina no bairro Bom Sucesso, avistaram um veículo com três indivíduos em atitude suspeita. Ao efetuar a abordagem, com o indivíduo de 37 anos, foi localizado uma pistola Taurus GSC calibre 9 milímetros com munições. Diante dos fatos, foi dado voz de prisão em flagrante aos envolvidos e conduzidos a Delegacia de Policia para registro do fato de demais providencias.
Moradores da Avenida Getúlio Vargas, empresários e simpatizantes realizam na tarde deste sábado (15) carreata solidária na tentativa de anular, junto à Câmara de Vereadores, a substituição do nome da Av. Getúlio Vargas. A ação contou com arrecadação de Máscaras e alimentos para o Lar de Velhinhos Santo Antônio. A saída aconteceu por volta das 15:30 horas no Largo Laura Abreu. Diversos moradores e empresários que trabalham na avenida participaram da carreata, além de contar com muitos simpatizantes e solidários à causa.
Com essa ação os organizadores demonstraram a união dos moradores da Av. Getúlio Vargas em protesto a troca do nome da rua, solicitando  e, ao mesmo tempo, colaborar com o Lar de Velhinhos Santo Antônio, estabelecido na avenida há 41 anos, e atualmente abriga 47 idosos.


Na manhã desta sexta-feira (14/05), a Associação Comercial e Industrial e Câmara de Dirigentes Lojistas (ACI/CDL) de São Lourenço do Sul e a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto (SMECD) realizaram reunião nas dependências da sede da entidade. Em pauta, a ampliação da parceria entre a associação e a pasta municipal, projetando possíveis ações conjuntas a serem realizadas nos próximos meses.
Participaram da agenda o Presidente da ACI/CDL, Mahmoud Amer, Vice-Presidente Administrativo da ACI/CDL, Nélcio Bork, Secretária Municipal de Educação, Cultura e Desporto, Angelita Kolmar e colaborador Hugo Hinterholz.
ACI/CDL ON-LINE: www.acisls.com.br – O PORTAL DO EMPREENDEDOR

VACINÔMETRO: Município chegou a marca de 11.537 pessoas vacinadas
O Município chega a 11.537 pessoas vacinadas, 4.827 delas já com a segunda dose, totalizando 16.364 doses aplicadas. Isso representa 26,50% da população vacinada com a primeira dose, índice superior ao Estado e ao País.
Na próxima segunda-feira (17), das 8h às 11h na rua General Osório, lateral da Secretaria de Saúde, ocorrerá a aplicação da segunda dose para os profissionais de saúde que receberam a primeira no dia 22 de fevereiro.
Para seguir com a aplicação da segunda dose em idosos, o Município aguarda a chega de um novo lote de Coronavac.
#juntosContraOCorona | Boletim Informativo 14.05.2021
São Lourenço do Sul registra 10 novos casos de COVID-19 e 7 pacientes recuperados.
Dos 10 novos casos, 8 estão com o vírus ativo:
Mulher de 24 anos da Medianeira
Homem de 49 anos do Centro
Mulher de 44 anos do Navegantes
Homem de 72 anos da Medianeira
Moça de 16 anos do 4º Distrito (Caipira)
Homem de 20 anos do Navegantes
Mulher de 27 anos do Centro
Homem de 63 anos do 1º Distrito (Pedrinhas)
2 pacientes testaram positivo, mas estão com o vírus inativo (recuperados):
Mulher de 19 anos da Santa Terezinha (Fiorame)
Homem de 51 anos da Santa Terezinha (Fiorame)
5 pacientes estão recuperados e deixam a relação de casos com o vírus ativo:
Mulher de 53 anos da Camponesa
Homem de 41 anos do Centro
Bebê de 11 meses da Avenida
Mulher de 25 anos do Centro
Mulher de 57 anos do Centro
O Estado confirmou como Covid-19 a causa do óbito, infelizmente, de uma paciente de 64 anos do Centro.
1 paciente positivado para Covid-19 e 3 suspeitos estão internados na Santa Casa de São Lourenço do Sul. Outros 3 pacientes positivados estão internados no Centro de Saúde São João da Reserva.
Resumo:
Casos Confirmados: 2.430
Recuperados: 2.323
Casos com vírus ativo: 51
Óbitos: 56
Casos em Isolamento Domiciliar acompanhado pela SMS: 101
Suspeitos aguardando resultado de testagem: 44
Testes laboratoriais e rápidos realizados: 8.512
Pacientes com vírus ativo:
1. Homem de 43 anos do Centro
2. Homem de 71 anos do 3º Distrito (Socorro)
3. Mulher de 67 anos do 3º Distrito (Socorro)
4. Mulher de 39 anos do Navegantes
5. Homem de 25 anos do 2º Distrito (Campos Quevedos)
6. Homem de 47 anos do 3º Distrito (Socorro)
7. Mulher de 37 anos do 1º Distrito (Santa Isabel)
8. Homem de 31 anos do Navegantes
9. Homem de 49 anos do Centro
10. Mulher de 89 anos do Navegantes
11. Mulher de 66 anos do Navegantes
12. Mulher de 30 anos do Centro
13. Mulher de 71 anos do 6º Distrito (Coxilha Negra)
14. Homem de 33 anos do 6º Distrito (Coxilha Negra)
15. Homem de 85 anos da Lomba
16. Mulher de 47 anos do 6º Distrito (Coxilha Negra)
17. Homem de 53 anos da Sete de Setembro
18. Homem de 29 anos do Centro
19. Menino de 10 anos do Navegantes
20. Homem de 50 anos do 2º Distrito (Campos Quevedos)
21. Mulher de 41 anos do Balneário
22. Menina de 13 anos da Medianeira
23. Mulher de 25 anos do 2º Distrito (Campos Quevedos) 
24. Mulher de 37 anos do Navegantes
25. Menino de 10 anos do Navegantes
26. Homem de 31 anos do Navegantes
27. Mulher de 53 anos do 1º Distrito (Rincão dos Azevedos)
28. Homem de 56 anos do 1º Distrito (Rincão dos Azevedos)
29. Mulher de 30 anos da Arthur Kraft
30. Mulher de 51 anos da Arthur kraft
31. Homem de 53 anos do Centro
32. Moço de 16 anos da Camponesa
33. Mulher de 78 anos da Lomba
34. Homem de 52 anos da Sete de Setembro
35. Mulher de 31 anos do 2º Distrito (Campos Quevedos)
36. Mulher de 46 anos do Navegantes
37. Homem de 37 anos do Balneário
38. Homem de 39 anos do 2º Distrito (Campos Quevedos)
39. Homem de 46 anos do 3º Distrito (Santa Tereza)
40. Mulher de 30 anos da Barrinha
41. Homem de 22 anos do Centro
42. Homem de 39 anos do Navegantes
43. Homem de 32 anos do Navegantes
44. Mulher de 24 anos da Medianeira
45. Homem de 49 anos do Centro
46. Mulher de 44 anos do Navegantes
47. Homem de 72 anos da Medianeira
48. Moça de 16 anos do 4º Distrito (Caipira)
49. Homem de 20 anos do Navegantes
50. Mulher de 27 anos do Centro
51. Homem de 63 anos do 1º Distrito (Pedrinhas)

Depois de um ano de enfrentamento à pandemia seguindo o modelo pioneiro e inovador do Distanciamento Controlado, o governo do Estado apresentou nesta sexta-feira (14/5) o novo sistema, que passa a valer a partir da 0h deste domingo (16), batizado de Sistema 3As de Monitoramento.

Em vez de diferentes níveis de risco, representados por cores de bandeiras (da amarela à preta) e regras mais restritivas conforme a gravidade da situação de cada região, a nova ferramenta mantém critérios sanitários, sob novas evidências científicas, mas busca simplificar o monitoramento e os protocolos.

Em número menor de segmentação, haverá protocolos obrigatórios a serem seguidos pelas atividades econômicas, como uso de máscara, higiene das mãos e distanciamento mínimo, mas, com uma maior participação das 21 regiões Covid e dos municípios na definição, a grande parte dos protocolos é variável, cabendo a cada região ajustar suas regras no nível local.

Uma das premissas, a simplificação de protocolos, envolve o agrupamento de atividades em 42 grupos, separados por nível de risco – quanto maior o risco, maior o nível de rigidez. No modelo anterior, havia previsão de protocolos para 143 atividades. 

O governo seguirá acompanhando os indicadores diariamente e, a qualquer momento, poderá tomar uma das três medidas do sistema: Aviso, Alerta e Ação. Esses movimentos poderão ocorrer em qualquer dia da semana, e não mais apenas na sexta-feira, como no modelo anterior.

ENTENDA O NOVO SISTEMA

REGIONALIZAÇÃO
Foi mantido o agrupamento das 30 regiões de saúde, com base nos hospitais de referência para leitos de UTI, totalizando 21 regiões Covid e sete macrorregiões.

MONITORAMENTO
A equipe técnica do governo do Estado, representada pelo grupo de trabalho (GT) Saúde do Comitê de Dados, seguirá analisando permanentemente o quadro da pandemia. 

A velocidade da propagação e a capacidade de atendimento seguem sendo eixos importantes no acompanhamento da evolução da pandemia no Estado. No entanto, esta nova etapa será marcada também pela entrada de mais uma medida: a evolução da vacinação na população do Estado.

Os indicadores, porém, não serão pré-fixados. Isso permite a ampliação da gama de informações para identificar novas tendências de crescimento.

A partir desses dados, serão tomadas as decisões, batizadas de 3As, conforme a gravidade da situação: 

  • AVISO: quando detecta uma tendência, o GT Saúde emite um aviso para a equipe técnica da região. A partir daí, a região deverá redobrar a atenção para o quadro da pandemia.

  • ALERTA: quando detecta uma tendência grave, o GT Saúde informa o Gabinete de Crise sobre a necessidade de emitir um alerta para a região. A partir daí, o Gabinete de Crise decide se deve emitir ou não esse alerta para a região, que seguirá sendo monitorada.

  • AÇÃO: se o Gabinete de Crise decidir emitir um alerta, a região terá 48 horas para responder sobre o quadro regional da pandemia e apresentar uma proposta de ações a serem tomadas. Se a resposta da região for considerada adequada, a proposta é aplicada imediatamente, e a região segue sendo monitorada pelo GT Saúde. Caso a resposta não seja adequada, o Estado poderá intervir e estipular ações adicionais a serem seguidas.

COMO SERÃO AS REGRAS

PROTOCOLOS GERAIS OBRIGATÓRIOS

Devem ser seguidos por toda a população em todos os municípios, conforme os locais:

Em qualquer lugar:

  • Usar máscara, bem ajustada e cobrindo boca e nariz.

  • Manter no mínimo 2 metros de distância de outras pessoas sempre que possível e não menos que 1 metro (nos postos de trabalho, em filas e cadeiras de espera, ao circular e, inclusive, ao receber visitas em casa).

  • Garantir a ventilação natural e a renovação do ar, com portas e janelas bem abertas ou sistema de circulação de ar.

  • Limpar bem as mãos e as superfícies com água e sabão, álcool 70% ou similares.

No trabalho:

  • Manter trabalho e atendimento remotos sempre que possível, sem comprometer as atividades.

  • Realizar busca ativa de trabalhadores com sintomas respiratórios e encaminhar para atendimento de saúde as pessoas com quadro suspeito ou duvidoso.

  • Assegurar o isolamento domiciliar para trabalhadores e familiares com suspeita de Covid-19 até acesso à testagem adequada e, em caso de confirmação, manter afastamento preferencial de 14 dias ou conforme orientação médica.

  • Ocupar em horários diferentes os espaços coletivos de alimentação, mantendo distância mínima entre colegas.

No trabalho e no atendimento ao público:

  • Controlar e respeitar a lotação máxima permitida nos ambientes.

  • Fixar cartazes com lotação máxima e uso obrigatório de máscara na entrada dos ambientes e em locais de fácil visualização e fiscalização.

  • Definir e respeitar fluxos de entrada e saída de clientes e trabalhadores para evitar aglomeração.

  • Disponibilizar álcool 70% ou similar para limpeza das mãos.

  • Manter no mínimo 2 metros de distância entre mesas e grupos em restaurantes e espaços de alimentação.

  • Vedar e coibir qualquer aglomeração.

Clique aqui e veja os protocolos gerais obrigatórios. 

 

PROTOCOLOS DE ATIVIDADES

Além de atender integralmente aos Protocolos Gerais Obrigatórios, as regiões deverão seguir normas específicas.

As atividades foram divididas em 42 grupos e separadas por nível de risco – médio/baixo, médio e alto. Quanto maior o risco, maior o nível de rigidez dos protocolos. 

Protocolos de atividades obrigatórios

Definidos pelo governo estadual, são específicos e devem ser seguidos pela população em cada atividade, em todos os municípios. No geral, são portarias da Secretaria da Saúde (SES) ou da Secretaria da Educação (Seduc) que já estão sendo seguidas pelos respectivos setores.

Protocolos de atividades variáveis

Também serão definidos pelo Estado, mas servirão como referência para cada atividade, considerando o risco e o quadro atual da pandemia no RS. No entanto, essas regras poderão ser ajustadas por uma região para adequá-las à sua realidade, desde que cumpram os requisitos mínimos.

DEFINIÇÕES LOCAIS

As condições para que os municípios possam adotar protocolos de atividades variáveis são os seguintes:

▪ Respeito aos protocolos gerais e aos protocolos de atividade obrigatórios definidos pelo Estado.

▪ Indicação de um responsável técnico, que manterá contato constante com a equipe técnica do Estado.

▪ Concordância de no mínimo 2/3 das prefeituras da região Covid a que pertencem.

▪ Apresentação e implementação de um plano de fiscalização dos protocolos a serem adotados.

Se os municípios de cada região não chegarem a um acordo mínimo, deverão adotar automaticamente os protocolos de atividades variáveis definidos pelo Estado. Assim como no modelo anterior, as cidades seguem livres para adotar regras mais rígidas que as propostas adotadas pela região ou pelo Estado.

COMUNICAÇÃO

A comunicação será ampliada, para que a sociedade seja informada por diversos canais.

Site único

Um site único, que já está no ar, reunirá decretos, portarias, boletins, protocolos e materiais de comunicação de todas as regiões do RS. 

• Clique aqui e acesse o site do Sistema 3As de Monitoramento

Boletim diário regional

Publicação diária de boletim regional Covid-19 para permitir o acompanhamento e subsidiar análise e tomada de decisão e ação das regiões e dos municípios. Serão monitorados dados de casos confirmados, óbitos, hospitalizações e vacinações. 

O boletim apresenta dados básicos da pandemia. Os avisos e os alertas poderão se basear em informações que não constam no boletim.

Acesse: http://www.sistema3as.rs.gov.br/boletim-regional 

Clique aqui e assista à apresentação do Sistema 3As.

Texto: Vanessa Kannenberg e Suzy Scarton
Edição: Marcelo Flach/Secom

AGENTES POLICIAIS CIVIS FORAM PROMOVIDOS HOJE POR ATO DO GOVERNADOR DO ESTADO
Na data de hoje os policiais civis CELSO FERREIRA ALMEIDA e MARCELO CENTENO SPECHT, lotados na Delegacia de Polícia de São Lourenço do Sul, foram promovidos por ato do Governador do Estado do Rio Grande do Sul, Exmo. Dr. Eduardo Leite, ambos ao cargo de COMISSÁRIO DE POLÍCIA, alcançando assim o topo da carreira de agente policial civil do RS.
O evento teve grande número de acessos, com mais de 400 visualizações simultâneas, e contou com a presença virtual do Prefeito Municipal Rudinei Härter e da Secretária Municipal de Educação, Cultura e Desporto, Angelita Vargas Kolmar.

Nesta quinta-feira (13) ocorreu a abertura do 2º Seminário Acadêmico a Distância do PAED. O evento foi transmitido pelo YouTube e tem como tema “Possibilidades em tempos de mudança”. O evento teve grande número de acessos, com mais de 400 visualizações simultâneas, e contou com a presença virtual do Prefeito Municipal Rudinei Härter e da Secretária Municipal de Educação, Cultura e Desporto, Angelita Vargas Kolmar. Mais do que parabenizar o PAED pelos seus 14 anos de existência, nas palavras de Angelita o Polo é presente enquanto oportunidade para muitas pessoas e presente na vida de todos que passaram e passam pela instituição.

Na primeira noite do evento foi abordado o tema “Home Office: Como conciliar a sobrecarga de trabalho que invade o ambiente familiar e superar desafios”, com palestra ministrada pelas Psicólogas Larissa Migliavacca Pacheco (FURG) e Aline Peixoto (CRAS de São Lourenço do Sul) e mediada pela Assistente à Docência do PAED, Ana Paula Grellert, sendo abordadas questões do cotidiano que têm sido evidenciadas nos últimos quatorze meses devido a nova rotina ou interrupção brusca das rotinas de cada pessoa, independente dos exercícios profissionais, funções familiares e idades.

Para Aline, apesar dos medos e incertezas, que são naturais, é preciso reorganizar os espaços, rotinas e buscar ajuda profissional sempre que necessário, ao que foi explanado os serviços disponibilizados pela municipalidade, o trabalho em rede e parcerias com saúde e assistência, já Larissa ressaltou que a Pandemia só veio a aumentar situações que já vivíamos devido aos excessos de informação e de exigências de produção e desempenho, ressaltando ainda que para cada momento histórico há patologias ou paisagens patológicas, fazendo alusão à depressão e transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. É necessário conhecer e aceitar a realidade e compreender que a busca do autocuidado e da oportunização do tempo ideal cabe a cada um de nós!

Para quem não conseguiu assistir ou deseja retomar aspectos elencados a palestra está disponível no canal do PAED no YouTube. O Seminário continua na próxima terça, 18 de maio, com o tema “Aprendizagem no Ensino Remoto: Diferentes percepções e possibilidades para o encantamento”.

Fonte:PAED
Autor:DECOM
Local:EMEF Marina Vargas
Página 1 de 1188

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click