Redação

O Grupo Corrente do Bem, que promove diversas ações beneficentes em São Lourenço do Sul, está arrecadando doações de brinquedos para ser entregue às crianças carentes no interior do município. A ação coordenada por Oscar Krüger e Martina Fromming vai deixar o Natal deste ano mais feliz para as crianças do meio rural. Em 2021, ação vai ser realizada no interior do município, visto que na zona urbana já existem outras ações como esta, e no interior são muito poucas.

Quem tiver interesse em ajudar, pode fazer as doações de brinquedos no ponto de recolhimento na rua Pinheiro Machado, ao lado da loja Fascinio, no centro. Pode ser feito também transferência de qualquer valor através de PIX pelo número 53984097816 (celular), para ajudar nas despesas de combustível e logística no dia da entrega.

 

Cerca de 94 motociclistas dos 108 confirmados ja estão em nossa cidade, hospedados no Hotel das Figueiras, participando do encontro que é realizado pelo Grupo.  Ao som de violão e muita confraternização marcou a tarde de quinta-feira (21).  Ainda na noite de ontem, se reuniram restaurante Tropicális.  Nesta sexta-feira e sábado continua a confraternização dos motociclistas do grupo "Cuecas", de Santa Catarina. O encontro não é aberto a outros Grupos de motociclistas, portanto não existe venda de ingressos ou outro tipo de atividades como acontece em outros encontros. Os lourencianos Albino Specht, Vivian Pukall e Osvaldinho auxiliam o grupo na visitação da cidade.

Reunião deliberou sobre medidas a serem tomadas para coibir as aglomerações no local.

O prefeito Rudinei Härter realizou, nesta sexta-feira (22), reunião em seu gabinete para tratar sobre as frequentes aglomerações que estão ocorrendo na Praça Othon Knuppeln, local também conhecido como “Curva do Arroio”. Após reunião, foi deliberado que passará a ser proibido o estacionamento de veículos em horários específicos, com objetivo de coibir as aglomerações e o som automotivo durante a madrugada no local.

A iluminação na Praça também receberá reforço, objetivando aumentar a segurança no local. A fiscalização da aglomeração será realizada pelos fiscais da Vigilância Sanitária e Epidemiológica, enquanto que o Conselho Tutelar ficará em sobreaviso para ação no local, visto que há muitos menores de idade consumindo bebidas alcoólicas.

Entre os participantes da reunião estavam o vice-prefeito Cléo Uarthe, o Procurador-Geral do Município Henrique Crespo, os secretários Cristian Iepsen (Gabinete), Claudiomar Gehling (Obras e Urbanismo), Thiago Tuchtenhagen (Planejamento e Meio Ambiente), Adriane Martins (Saúde) e Luis Carlos Citrini Braga (Turismo, Indústria e Comércio) e os representantes do Conselho Tutelar, Erno Reickow e Cristialine Ludtke.

ÀS 16:17 h do último dia 21, compareceu à DP local a comunicante residente à Av. Mal. Floriano, relatando que naquele dia recebeu uma intimação do cartório com um boleto a ser pago até o próximo dia 26/10, sendo que havia vencido no dia 12/10, no valor de R$ 2.880,67, referente a uma suposta compra em seu CNPJ de uma empresa de Caxias do Sul. Ocorre que nunca fez tal compra nem cadastro naquela empresa. Solicitou providências.

 

Conforme informação recebida do nível central da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) na última semana, o município de São Lourenço do Sul está com índice vacinal contra brucelose bovidea abaixo do mínimo estipulado pelo Programa Nacional de Controle e Erradicação de Brucelose e Tuberculose (PNCEBT). No primeiro semestre de 2021, foi comprovada a vacinação de cerca de 60% das fêmeas entre 0 e 12 meses do município, número considerado insuficiente.

A vacinação contra Brucelose bovidea é obrigatória há mais de 15 anos no estado do RS, e deve ser realizada em todas as fêmeas bovinas e bubalinas na faixa de 3 a 8 meses de idade. A não aplicação da vacina, além de impedir o trânsito de animais originados na propriedade inadimplente pode gerar multa aos produtores que não cumprirem a legislação.

A Brucelose é uma zoonose: doença que pode ser transmitida dos animais para o ser humano, inclusive pelo consumo de alimentos, especialmente lácteos não pasteurizados e contaminados com a bactéria. Nos bovinos causa aborto, especialmente no terço final da gestação, nascimento  de terneiros mortos ou fracos e infertilidade em touros.

A Inspetoria solicita a todos aqueles médicos veterinários cadastrados que possuam atestados de vacinação ainda não entregues na IDA que o façam o mais rápido possível, da mesma forma que solicita a produtores que eventualmente não tenham feito a  vacinação dos seus animais ou tenham em sua posse atestados de vacina não lançados, que procedam imediata regularização da pendencia junto a Inspetoria de Defesa Agropecuária do município. Duvidas favor entrar em contato via ligação telefônica ou WhatsApp pelo número (53)32511332.

Texto: Débora Ponsati

Boletim Semanal de Vacinação 22.10.2021
São Lourenço do Sul chega a 96.9% da população vacinável (a partir de 12 anos até 16 com comorbidades e a partir de 14 anos sem comorbidades), com a primeira dose da vacina aplicada. São 34.470 pessoas com a primeira dose ou dose única, sendo que 28.127 (79% da população vacinável) já estão com o esquema vacinal completo (segunda dose ou dose única). A terceira dose já foi aplicada em 1.165 lourencianos, representando 3.27% da população. O total de doses aplicadas é de 62.712.
Nesta sexta-feira (22), acontece a vacinação para quem fez a 1º dose no dia 13/08
Para quem fez a primeira dose da Pfizer, a segunda dose foi antecipada pelo Ministério da Saúde, portanto foi alterado o dia de vacinação da sua segunda dose. Não esqueça que é só para quem fez a vacina da Pfizer.
O novo prazo foi estabelecido pelo Ministério da Saúde para acelerar a completa imunização da população. De acordo com a Deliberação da Comissão de Intergestores Bipartite (CIB) 3216/21 a segunda dose da vacina Pfizer foi agendada com intervalo menor entre a primeira e a segunda dose. Confira as novas datas abaixo
A vacinação será realizada no saguão da Secretaria de Saúde (fila indiana) e também no sistema de drive thru, na rua ao lado da vigilância epidemiológica (Rua general Osório) das 14h as 16h.
Datas das segundas doses para o mês de OUTUBRO
Dia 22/10= para quem fez a 1º dose no dia 13/08 - SEXTA-FEIRA das 14:00 as 16:00 horas – PFIZER
Dia 25/10= para quem fez a 1º dose no dia 23/08 - SEGUNDA-FEIRA das 14:00 as 16:00 horas – PFIZER
Dia 27/10= para quem fez a 1º dose no dia 26/08 - QUARTA-FEIRA das 14:00 as 16:00 horas – PFIZER
Dia 28/10= para quem fez a 1º dose no dia 30/09 - QUINTA-FEIRA das 14:00 as 16:00 horas – CORONAVAC
Datas das segundas doses para o mês de NOVEMBRO
Dia 07/11= para quem fez a 1º dose no dia 05/09 - DOMINGO das 09:00 as 12:00 horas – PFIZER
Dia 11/11= para quem fez a 1º dose no dia 16/09 - QUINTA-FEIRA das 14:00 as 16:00 horas - PFIZER
Dia 25/11= para quem fez a 1º dose no dia 30/09 - QUINTA-FEIRA das 14:00 as 16:00 horas - PFIZER
Gaúcho da Geral destina R$ 100 mil para a Saúde em São Lourenço do Sul
Tendo como principal foco a saúde na cidade, o deputado Gaúcho da Geral destinou R$ 100 mil em emenda parlamentar para São Lourenço do Sul. 
Segundo o parlamentar, o objetivo é o custeio de novos serviços de média complexidade, consultas, procedimentos com finalidade diagnóstica, terapêuticas e cirurgias, contemplando toda a linha de cuidado do Hospital Santa Casa de Misericórdia.
"A saúde é um dos principais focos do meu mandato e é dever do Poder Público investir pesado nesta área essencial da sociedade. Saúde é vida. Esta emenda certamente vai ser muito benéfica para São Loureço do Sul e região", avalia Gaúcho da Geral.

Letícia Rodrigues - MTE 9373 |

Na tarde desta quarta-feira (20), foi instalada a Frente Parlamentar em defesa do Sistema Único de Assistência Social do RS, proposição do deputado Zé Nunes (PT). A solenidade foi realizada em forma híbrido no Salão Júlio de Castilhos e contou com a presença das deputadas Luciana Genro (PSOL) e Sofia Cavedon (PT), de lideranças e representantes de entidades.

A Frente Parlamentar terá como objetivos debater, articular e encaminhar ações conjuntas entre parlamentares, entidades da sociedade civil e órgãos públicos, no que tange a política de assistência social do RS. O órgão pretende unificar a pauta social, trabalhar com os indicadores que demonstram o aumento de pessoas em situação de vulnerabilidade, e buscar garantir sua dignidade e sobrevivência, estabelecendo uma discussão com o governo do Estado.

Para o presidente da Frente Parlamentar, a instalação tem um significado especial em função dos 18 anos da criação do Bolsa Família na data de hoje. Segundo Zé Nunes, o programa foi uma importante iniciativa para a inclusão e diminuição da vulnerabilidade social de muitas famílias brasileiras nesse período. Criticou o governo federal por, ao invés de aperfeiçoar essa política de renda, criar confusão em torno dessa política, causando preocupação. 

Ele defendeu que, no RS, haja uma política social mais adequada, com mais investimos na área. "Que a gente possa pensar a assistência social e as políticas sociais como direitos", destacou. O parlamentar também criticou a diminuição da aplicação de recursos na área nos últimos anos tanto no governo federal quanto no estadual, o que resultou no retorno da fome, na vulnerabilidade e ingresso de mais pessoas na total fragilidade social. 

O parlamentar ainda falou do auxílio emergencial do governo do Estado que, até o momento, não teria atingido nem 10% da população que seria beneficiada. "Vemos a ausência da mão do Estado na área social e os mais pobres, os mais vulneráveis não estão incluídos no orçamento do Estado e nos projetos deste governo. E não há desenvolvimento se não incluirmos a todos", avaliou. Por fim, aproveitou para convidar a todos a participarem da 14ª Conferência Estadual de Assistência Social do RS, que ocorre de 25 a 27 de outubro, em formato virtual. 

Também se manifestaram durante o ato a presidente da Frente em Defesa do SUAS na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputada Luciane Carminatti (PT), por meio de vídeo; a presidente do Conselho Estadual de Assistência Social do Rio Grande do Sul, Leila Thomassin; a presidente interina do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Simone Maria Pedott Romanenco; os representantes da Frente Gaúcha em Defesa do SUAS Lea Biasi, do Fórum dos Usuários do SUAS Rudinei Borges de Borges, do Fórum Nacional de Trabalhadoras e Trabalhadores do SUAS Jucemara Beltrame; a conselheira tutelar do município de Imbé Jaque Kieser, a conselheira do Conselho Nacional de Assistência Social Sílvia Regina dos Santos e a promotora de Justiça Luciana Casarotto, representando o Ministério Público. 

Divulgação: Marcela Santos

 

 SEGUNDO informações obtidas junto ao Engenheiro Agrônomo CLEO SOARES, Coordenador Regional do Irga e o Técnico Agrícola EDUARDO ROSA, na previsão para esta safra a intenção de semeadura de arroz é de 8.070 ha. Até esta semana haviam sido semeados em nosso município apenas 1.200 ha (15%). Deste total 840 ha (70%) já estão com emergência. Um leve atraso na lavoura orizícola em nosso município deveu-se a algumas chuvas ocorridas no mês de setembro e primeira quinzena de outubro, em São Lourenço e região. O Engenheiro Agrônomo CLEO SOARES acredita que nesta semana com a previsão de tempo bom, poderá ocorrer um incremento na área semeada.

A nível de estado, onde as chuva não ocorreram intensamente, a área semeada do arroz já atingiu 36% previsto. Já foram semeados no Rio Grande do Sul 344 mil ha de um total calculado de 957 mil ha no Estado. Segundo o Engenheiro Agrônomo CLEO SOARES a não ocorrência de chuvas está permitindo que os arrozeiros do município agilizem a semeadura de suas lavouras. Segundo informações obtidas também com o Engenheiro CLEO o preço médio da saca de arroz está em R$ 80,00 enquanto, no ano passado, nesta época, o valor da saca de arroz estava em R$ 104,00. No escritório local do IRGA também atua o Técnico Agrícola EDUARDO ROSA que atende os lavoureiros que procuram assistência.

Página 1 de 1297

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade