Sexta, 30 Abril 2021 11:02

Hospital Universitário de Rio Grande (RS) amplia em 50% o número de leitos de UTI Covid-19 na cidade

Por

Rio Grande (RS) – Nessa quinta-feira (29), o Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg/Ebserh/MEC) teve 20 leitos habilitados pelo Ministério da Saúde para tratamento de Covid-19. A unidade agora conta com mais 10 leitos de UTI adulto e 10 leitos de enfermaria, com suporte ventilatório pulmonar, para o tratamento exclusivo de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). A estrutura já está em funcionamento na Enfermaria Covid-19.

Com a habilitação, o hospital passa a receber meios orçamentários específicos e a ter seus leitos regulados pela Secretaria Estadual da Saúde do estado (SES/RS). Dessa forma, Rio Grande, que contava com 20 leitos Covid-19 de UTI Adulto, passa a ter 30, tendo um acréscimo, bastante significativo, de 50% na oferta de atendimento intensivo aos pacientes infectados com o coronavírus.

Sandra Crippa Brandão, superintendente do HU-Furg, pontua a importância da iniciativa.

“O perfil dos pacientes internados em 2021 mudou. Agora, os casos são bem mais graves e, na maioria das vezes, necessitam de ventilação mecânica e de cuidados intensivos. Isso fez com que o HU solicitasse a habilitação dos leitos da Enfermaria Covid-19 para atuar como UTI Covid-19 e como leitos de suporte ventilatório pulmonar”, conta.

A superintendente ainda detalha o planejamento da unidade para as próximas semanas. “Atualmente, o HU-Furg tem uma média de 15 pacientes com Covid-19 internados e intubados por um longo período. Com a baixa nas internações será possível retomar ao funcionamento normal da UTI Adulto, recebendo pacientes que necessitam de cuidados intensivos com outras doenças”.

No Serviço de Pronto Atendimento Covid-19 (SPA Covid-19) são seis leitos de enfermaria, dois leitos de isolamento com suporte intensivo, totalizando oito leitos com capacidade de operar ventiladores mecânicos; na UTI Pediátrica são quatro leitos; na UTI Neonatal um leito; a UTI Geral Adulto possui seis leitos. Na Maternidade são dois leitos; e, ainda, há leitos de isolamento para atendimento de pacientes Covid-19, nas demais unidades assistenciais.


Um ano de atuação contra a Covid-19

Desde 4 de abril de 2020, o HU-Furg já vinha realizando adequações na infraestrutura e reorganizando os serviços para atender os pacientes suspeitos ou confirmados com Covid-19. Além disso, a Ebserh, estatal vinculada ao Ministério da Educação que administra o HU, disponibilizou recursos específicos para o combate à pandemia e possibilitou a contratação emergencial de 166 profissionais temporários para atuar no enfrentamento à doença

Durante esse um ano, o HU-Furg atendeu mais de 1.100 pessoas suspeitas ou confirmadas com a doença, e ainda processou cerca de 13 mil testes de biologia molecular (RT-PCR) para 21 municípios da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde do estado do Rio Grande do Sul (3ª CRS/SES/RS), por meio do Laboratório de Apoio Diagnóstico em Infectologia (Ladi).

O hospital também implantou o Ambulatório Pós-Covid-19, pioneiro no Rio Grande do Sul, atuando de forma multidisciplinar e destinado ao atendimento dos pacientes adultos e pediátricos que foram infectados pelo coronavírus e que persistem os sintomas.

Mais informações sobre o ambulatório podem ser obtidas pelo telefone (53) 3233-8841.


Sobre a Rede Ebserh

O Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-Furg) faz parte da Rede Ebserh desde julho de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

 Com informações do HU-Furg/Ebserh

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click