Redação

 

            Na quarta-feira, 24, a Procuradoria Especial da Mulher realizou a Roda de Conversas Sobre o Enfrentamento à Violência Contra a Mulher, na Câmara Municipal, marcando o terceiro dia da Semana Tairane Bauer Macedo.

            A vereadora Fabiane Peglow, procuradora especial da mulher, recebeu a vereadora Fernanda Miranda, do município de Pelotas; a vereadora Regininha, vereadora do município do Rio Grande; a Gabriela Schmalfuss Borges, jornalista e produtora do documentário “Mulheres (In)Visíveis” e a Bethânia Bauer Macedo, técnica de enfermagem e irmã da Tairane.

            A roda de conversas abordou os temas sobre os tipos de violência contra a mulher, evidenciando a importância do debate sobre a violência psicológica e patrimonial, que não são muito faladas, e também sobre a violência contra a população trans, que são invisíveis para as políticas públicas, além da importância do desenvolvimento de projetos e ações para as mulheres moradoras do campo e quilombolas.

Na noite de quarta-feira (24) tivemos grandes jogos das quartas de final, que definiram os semifinalistas da Copa Costa Doce de Futsal PRIORIDADE 10. União/Craquinho garantiu a sua classificação nos últimos segundos; já o Quilmes controlou o jogou e segue invicto na competição. 
• Turma do Bigode (CRI) 3 x 4 União/Craquinho (CAM)
Gols: Cássio 2x e Mauricinho (T); Adriel, Leanderson e Dieguinho 2x (C);
Craque do jogo: Dieguinho (União/Craquinho)
• Quilmes (SLS) 3 x 1 Ponte Preta (SLS)
Gols: Wiliam 2x e Derick (Q); Fuca (P);
Craque do jogo: Charles (Quilmes).
Arbitragem: Rômulo Rodrigues e Igor Falcão; Mesa: Everaldo Souza, Felipe Lobato, Rogério Soares e Kadinho Freitas. 
Semifinais (29/11)
• 20h30min: Quilmes (SLS) x Abasf (SLS)
• 21h40min: Amplimaq (SLS) x União/Craquinho (CAM)
UMA REALIZAÇÃO: São Lourenço Repórter TV e ZK 11 Produções.

 

A Secretaria da Saúde (SES) distribuirá na quinta-feira (25/11) cerca de 180 mil vacinas contra a Covid-19 da fabricante Pfizer às 18 coordenadorias regionais de saúde (CRS). Em torno 100 mil unidades chegaram ao Estado no fim da manhã de terça-feira (23/11), e serão destinadas a dar seguimento à vacinação de adolescentes.

As demais serão utilizadas para a aplicação da segunda dose de quem recebeu a primeira há oito semanas ou mais, e estavam reservadas na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre.

Nesta quarta-feira (24/11), 817 mil gaúchos estão com o prazo de aplicação da segunda dose da vacina em atraso, ou sem o registro dessa aplicação no Sistema de Informações do Plano Nacional de Imunização. A faixa etária que menos voltou aos postos de saúde para a segunda dose foram os jovens de 20 a 34 anos, que, juntos, representam quase metade da estimativa (397 mil). Estão no período ideal para receber a segunda dose 167 mil pessoas.

O período ideal representa uma janela de uma semana após o intervalo de espera entre as doses indicado para cada uma das vacinas. Após uma semana, é considerado em atraso.

Nesta quarta-feira (24/11), apesar de a cobertura vacinal completa da população adulta do Rio Grande do Sul estar em 85,1%, entre o grupo de adultos jovens de 20 a 24 anos esse índice cai para 66%. Na faixa de 25 a 29 anos, 72%, e entre as pessoas de 30 a 34 anos está em 78%.

“Ainda longe do que precisamos para atingir a imunização coletiva e diminuir a circulação do vírus”, explica a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Tani Ranieri.

Ela destacou que apenas uma aplicação das vacinas Astrazeneca, Coronavac e Pfizer – que requerem segunda dose – além de oferecer uma resposta imune menor, a durabilidade da resposta também é menor. “A eficácia da vacina apontada por estudos clínicos só pode ser atingida com o esquema vacinal completo, ou seja, com as duas doses”, enfatiza. Entre as vacinas aplicadas no Brasil, até o momento, apenas a fabricante Janssen é aplicada em dose única.

Em relação à dose de reforço, são 766 mil gaúchos que já poderiam ter buscado a vacina, entre profissionais de saúde, idosos e imunossuprimidos, além de 96 mil que estão na semana ideal para recebê-la.

DISTRIBUIÇÃO

As seguintes CRS e secretaria buscarão as doses na Ceadi, em Porto Alegre:
• 1ª CRS (Porto Alegre)
• 6ª CRS (Passo Fundo)
• 7ª CRS (Bagé), levará também a carga da 3ª (Pelotas)
• 10ª (Alegrete)
• 14ª (Santa Rosa), levará também as cargas das 9ª (Cruz Alta), 12ª (Santo Ângelo) e 17ª (Ijuí)
• 18ª (Osório)
• Secretaria Municipal de Porto Alegrete

Vão retirar as doses em data alternativa:
•  2ª CRS (Frederico Westphalen)
• 13ª CRS (Santa Cruz do Sul)

Doses transportadas em veículos da SES:
• 4ª (Santa Maria)
• 5ª (Caxias do Sul)
• 8ª (Cachoeira do Sul)
• 11ª (Erechim)
• 15ª (Palmeira das Missões)
• 16ª (Lajeado)

Texto: Ascom SES
Edição:Secom

Na noite de quarta-feira (24/11), na rua Gustavo Wienke, em São Lourenço do Sul. 
Os policiais militares abordaram um homem, de 37 anos, e constataram que havia um mandado de prisão expedido pela Vara de Execuções Criminais Regional - Pelotas/RS, devido as tipificações penais de furto, roubo e porte ilegal de arma de fogo.
O homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para as providências legais.
Comunicação Social do 30° BPM - São Lourenço do Sul

 

* A Viva Grano vai inaugurar em breve uma área pública, contígua  (parklet) à calçada, com estrutura a fim de criar um espaço de lazer e convívio para o público.

O Arquiteto e Urbanista Marlon Krake assina a obra destacando que  nas floreiras falta a parte de madeira. A população vai poder usar à vontade. O elogiado empreendimento é de Cristina Rojas Kath e Raquel Wester Wiemann Duarte Kath. A inauguração está programada para a próxima semana.

 

A vacinação acontece no sistema drive Thru e fila indiana na Secretaria de Saúde das 14às 16h.

Datas das 2ª doses para o mês de Novembro

- Dia 25/11: para quem fez a 1º dose no dia 30/09 - QUINTA-FEIRA das 14:00 as 16:00 horas - PFIZER

Datas das 2ª doses para o mês de Dezembro

- Dia 03/12: para quem fez a 1º dose no dia 05/11 - SEXTA-FEIRA das 14:00 as 16:00 horas - CORONAVAC
- Dia 08/12: para quem fez a 1º dose no dia 10/11 - QUARTA-FEIRA das 14:00 as 16:00 horas - CORONAVAC
- Dia 21/12: para quem fez a 1º dose no dia 26/10 - TERÇA-FEIRA das 14:00 as 16:00 horas – PFIZER

Datas das 2ª doses para o mês de Janeiro

- Dia 05/01: para quem fez a 1º dose no dia 10/11 - QUARTA-FEIRA das 14:00 as 16:00 horas – PFIZER

Nesta quarta-feira (24), às 18h15, a Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo, presidida pelo deputado estadual Zé Nunes (PT), realiza audiência pública com o objetivo de debater as perspectivas do Banrisul na conjuntura do mercado bancário brasileiro e a possibilidade de venda ou operação financeira envolvendo a subsidiária Banrisul Cartões S.A. Para participar do evento é só acessar https://alergs.webex.com/alergs/j.php?MTID=m7ba5f996a17ea57adf4ec6bf87267ee6

A Banrisul Cartões S.A. administra a rede Vero e a emissão de cartões de benefícios e empresariais BanriCard, contando com 143,5 mil estabelecimentos credenciados ativos e 6,3 mil convênios ativos, respectivamente, em dezembro de 2020.

Para Zé Nunes, que  também preside a Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público, a importância da Banrisul Cartões pode ser medida pela sua participação no lucro líquido do Banrisul consolidado. Entre 2015 e 2020 a Banrisul Cartões foi responsável por 24% dos lucros do Banrisul. “Tendo em vista que já houve uma tentativa de abertura de capital em 2018, que não se efetivou, resultado na perda de valor de mercado da companhia e a posição de fragilidade em que a Banrisul Cartões S.A. pode vir a se encontrar em caso de venda para algum competidor, inclusive com perda de controle acionário por parte do Governo do RS, verifica-se a importância de um debate amplo e transparente a respeito de nova operação financeira evidenciada pelo Fato Relevante anunciado pelo presidente do banco”, argumentou.

A ação tem o objetivo de evitar alagamentos nos arredores do córrego e de melhorar a trafegabilidade de barcos de pesca.

Com o objetivo de evitar alagamentos nos arredores do córrego e de melhorar a trafegabilidade de barcos de pesca, iniciou na manhã desta quarta-feira (24) o desassoreamento do Arroio Carahá. O serviço está sendo realizado pela Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo (SMOU).

Pavimentação da rua, calçadas, ciclovia, paisagismo e construção de um deck estão previstas para a revitalização da região da Foz do Arroio Carahá.

Na manhã desta quarta-feira (24) o prefeito Rudinei Härter, acompanhado pelo engenheiro do Município, Fabrício Gehling, estiveram visitando as obras de revitalização da Orla da Praia, na Foz do Arroio Carahá. A região da Foz do Carahá está recebendo calçamento, pavimentação do passeio (calçadas), ciclovia, entre outras ações de paisagismo. Está prevista também a construção de um deck no local, o qual as obras devem iniciar em breve. Serão de um quilômetro de pavimentação na região, em trechos da Avenida Getúlio Vargas e Travessa Quinca Corêa.

Quarta, 24 Novembro 2021 14:21

Novo tipo de golpe envolvendo precatórios

 

A Procuradoria-Geral do Estado (PGE-RS) alerta para um novo tipo de golpe envolvendo solicitações de pagamentos de custas processuais a credores para a suposta liberação, mais rápida, de valores decorrentes de precatórios.

Relatos apontam que golpistas apresentam documentos, via redes sociais, firmados supostamente por advogados e procuradores em que comunicam a liberação antecipada do valor do precatório mediante o depósito do valor de “custas”.

Canais para tirar dúvidas

A PGE-RS alerta a todos os credores de precatórios para que fiquem atentos a esse tipo de golpe, pois todas as publicações envolvendo a Câmara de Conciliação de Precatórios da PGE-RS são realizadas, formalmente, no site da PGE e a tramitação não exige nenhum tipo de pagamento.

A PGE não encaminha nenhum tipo de solicitação de pagamento para a conclusão de processo envolvendo acordo de precatórios.

Havendo dúvidas, o indicado é contatar imediatamente a Câmara de Conciliação de Precatórios da Procuradoria-Geral do Estado (PGE-RS) pelos telefones (51) 3288-1780 ou WhatsApp: (51) 98416-7274 (somente mensagens de texto).

• Para mais informações, acesse área de precatórios no site da PGE-RS.

Texto: Ascom PGE
Edição: Secom

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade