Quarta, 06 Fevereiro 2019 09:55

Polícia Civil de Canguçu desencadeou Operação Petrus

Por

A Polícia Civil de Canguçu na manhã de hoje, sob coordenação da Del. Lisiane Mattarredona desencadeou operação policial denominada Petrus, a qual visou o esclarecimento de um crime de lesão corporal praticado contra um bebê de dois meses. Na ocasião, o bebê estava em sua residência quando três indivíduos lançaram para o interior da casa um artefato explosivo, o qual veio explodir e causar danos no imóvel. A explosão ocorreu próximo do bebê de dois meses, o qual inalou os gases e restou com sequelas, havendo probabilidade do comprometimento de sua audição. Na manhã de hoje, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão na residência de três suspeitos da prática deste crime, os quais foram filmados em câmeras de monitoramento. Foram apreendidos roupas utilizadas pelos criminosos. O nome da operação foi uma homenagem ao bebê de nome Pedro, vítima do crime, sendo usada a terminologia grega do nome.

A operação também visou o combate de crimes de roubo a residência e a pedestre ocorridos no mês de janeiro na cidade de Canguçu. Um homem foi preso na cidade de Piratini, de inicias P.R.S.S, de 27 anos, reconhecido pelos vítimas como autor de roubo a pedestre ocorrido na
cidade de Canguçu em 10.01.2019. Na ocasião, as vítimas estavam em uma parada de ônibus quando foram abordados pelo investigado, o qual fingia estar armado. Além disso, foram também cumpridos oito mandados envolvendo investidores de roubo a pedestre, a residência e a estabelecido comercial.

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click