Quinta, 18 Janeiro 2018 15:25

Aqui, a entrevista sobre o Carnaval com o Secretário de Turismo

Por

 
 
* O JORNAL O LOURENCIANO entrevistou o Secretário de Turismo JUNIOR BRAGA sobre o Carnaval lourenciano em 2018. Ele assim se manifestou:
1. Qual a previsão de escolas de samba, blocos e carros humorísticos para este ano? Enquanto muitos municípios suspendem a programação oficial de Carnaval, a Administração Municipal de São Lourenço do Sul entende que o Carnaval movimenta a economia local, gera renda para a população e promove a valorização cultural local. Assim, o Carnaval está sendo organizado procurando fazer mais com menos recursos financeiros. Há a previsão de uma escola de samba desfilante no Carnaval de 2018. Quanto aos demais desfilantes prevê-se o número de participantes semelhantes aos do ano anterior, mas a quantidade exata só será definida após a realização das inscrições, que serão abertas em breve.
 
2. Como será o carnaval na praia? Quantos dias e com trio elétrico? Além do desfile no centro da cidade, os moradores e turistas poderão usufruir de 3 dias de programação de Carnaval na praia. A programação da praia inclui o tradicional desfile de carros humorísticos, o qual faz tanto sucesso com os visitantes e lourencianos que se divertem com a grande festa. Além disso, haverá presença de trios elétricos nos 3 dias, na parte da tarde.
 
3. Perspectivas de apoio financeiro aos clubes sociais e demais entidades para o Carnaval de Rua? Será seguido o constante na Lei nº 13.019 - Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil.
 
4. Quais os requisitos para as entidades serem beneficiadas com apoio financeiro? As entidades deverão estar devidamente regulamentadas e possuir a documentação necessária, sendo seguido o constante na Lei nº 13.019 - Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil.
 
5. A palavra fica à disposição para todas demais colocações possíveis que esclareçam a comunidade? Agradeço o espaço em nome da Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio, que está buscando fortalecer o nosso município principalmente através do turismo. As dificuldades são grandes, e, apesar de estarmos atravessando uma crise moral e ética colossais, acredito que é preciso sair da inércia e encontrar soluções que façam a nossa cidade progredir, além de intensificar o compromisso e a responsabilidade no uso do dinheiro público. No ano passado a SMTIC buscou acima de tudo reforçar a importância do setor privado no desenvolvimento de eventos e ações que contribuem, e muito, para a economia do município. Exemplo de sucesso nesse sentido é o La Barra Sunset, evento aprovado por toda a comunidade, realizado por agentes empreendedores (ambulantes), mas que conta com o apoio através do Departamento de Economia Solidária da SMTIC. Outro exemplo foi o Show da Virada, que reuniu mais de 40 mil pessoas deixando a cidade e o camping lotados. Aconteceu através de uma ação em conjunto com ACI/CDL. Além disso, há o Estação de Verão SESC na Praia da Barrinha e o Paradouro Mais Verão SBT na Praia das Nereidas. Outro ponto bastante importante e que vale destacar, como Coordenador do APL Turismo na Costa Doce (composto por 23 municípios), é a busca por reforçar a parceria entre municípios pensando desenvolver a região como um todo.
Enfim, como ex-diretor da Associação Comercial, entidade da qual tenho muito orgulho, penso que somente o trabalho permite vencer e crescer na direção do progresso.  Para se ter sucesso, todos precisam participar ativamente da construção de um futuro melhor para nosso município. Aproveito a oportunidade para convidar os empresários e comunidade em geral para fazer um carnaval inesquecível para todos”!

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click