Quarta, 22 Março 2017 09:19

Matérias edição dia 23-03-17

Por

Atletas da região começam o Gaúcho de Ciclismo no pódio
* A cidade Venâncio Aires sediou no domingo (19) a etapa de abertura da temporada 2017 do Campeonato Gaúcho de Ciclismo de Estrada. E os atletas da zona Sul do Estado mandaram muito bem na arrancada da competição. Foi uma abertura cheia de pegas na linha de chegada. Na categoria Máster B, Marcus Elias, da Triplo X venceu a prova, o colega Leonardo Nobre Parada ficou em sétimo e Danilo Elias foi o décimo colocado. Já o pelotense Alfredo Hartleben Júnior ficou com a sexta posição. Na categoria Juvenil, Marcelo Elias foi o campeão da etapa e o irmão, Thiago Elias foi o terceiro colocado, os dois também da Triplo X. Na Máster C, Paulo Goulart, de Pelotas ficou com a terceira colocação. Na Elite, os pelotenses também foram muito bem. Márcio Silveira Lopes ficou com a terceira colocação e Felipe Fossati ficou em nono. Os dois são da Apuana Team. A competição terá ainda outras oito etapas ao longo do ano, em diferentes cidades, para a definição dos campeões. Marcus Elias foi campeão gaúcho em 2016 e busca manter o título. Marcelo foi campeão em 2016 e Thiago o vice. (Fonte: Sul Pedal)
Prefeitura de Cristal construirá pista de skate
A prefeitura de Cristal, através da Secretaria Municipal de Turismo, Desporto, Cultura e Juventude, com recursos captados pelo Fundo da Criança e do Adolescente, doados pela empresa ECOSUL, construirá uma pista de Skate Board na praça Os Pioneiros. A data prevista para o início da obra é para o 1º semestre deste ano. O motivo da construção da pista é para que o município consiga abranger modalidades como Skate, Patins Inline, Bicicross, esportes radicais praticados pelos jovens cristalenses e que agora ganharam um espaço próprio para essas atividades dentro da cidade. É importante ressaltar que o esporte é ferramenta de transformação social e retira crianças e jovens do mundo das drogas e do alcoolismo. A diversidade de modalidades esportivas é uma das metas de trabalho do Plano Municipal de Esporte e Lazer recém criado no município. Foram liberados para a obra R$ 60 mil para a construção da pista. (Assessoria de Imprensa)
Visita à ECOSUL teve resultados positivos
* O vice-prefeito Tonho Lessa, acompanhado do presidente da ACI, Selomar Palm Blodorn e o coordenador de cultura Adão Quevedo, estiveram na última segunda-feira (20) em reunião na ECOSUL, com o diretor superintendente José de Lima Palermo Filho e o coordenador de comunicação empresarial Johny Calegaro, visando o apoio financeiro da empresa para a realização do Reponte da Canção. Na ocasião, os representantes da empresa demonstraram interesse em investir no evento, que a princípio deverá ocorrer na primeira semana de novembro. A pedido do vice-prefeito, também será cedido gratuitamente pela empresa o material “fresado”, que é o asfalto retirado e descartado no processo de recapeamento da rodovia BR – 116, o qual será utilizado nas estradas e ruas do município. (Decom)
Copa Planalto
* Classificação geral até a 4ª rodada: 1º) Atletico 11 pts; 2º) Rosario 11 pts; 3º) Comercial Boqueirão 10 pts; 4º) Real Madri 8 pts; 5º) Planalto 7 pts; 6º) So pra Incomodar 5 pts; 7º) Turma do Kit 5 pts; 8º) Passo do Pinto 3 pts; 9º) Santa Isabel 1 pt.
Goleadores: benito bergmann, do Atletico, com 8 gols e marcio bohn, do Só pra Incomodar, com 6 gols. Melhor defesa: Planalto, com 3 gols sofridos. Disciplina: Planalto, com 3 cartões amarelos. Suspensos: michel drawanz, do Turma do Kit, paulo jardim, do Comercial Boqueirão, felipe schroder e vanderlei fredes, do Só pra Incomodar.
Próxima rodada neste domingo (dia 26), em Boqueirão com mando da Turma do Kit - Planalto x Com. Boqueirão; Santa Isabel x Rosario; Só pra Incomodar x Real Madri; Passo do Pinto x Atletico. Folga: Turma do Kit. Apoio: Planalto Motos, em Boqueirão.
Ponte no distrito de Santa Isabel foi renovada
* A Secretaria de Desenvolvimento Rural recuperou recentemente uma ponte localizada no distrito de Santa Isabel, na estrada estadual Velha. Foi realizado um investimento de R$ 11.296,50 para que os 25m da ponte fosse totalmente renovados. Foram recuperadas também mais quatro pontes, da estrada Guido Timm, Picada Feliz, Pinheiros e a do Espinilho, que dá acesso à cidade. Devido ao pequeno recurso que o município possui, estão sendo priorizadas as pontes de maior importância. Também já foram recuperadas mais de 700km de estradas rurais, porém, com as chuvas recentes algumas acabaram sendo prejudicas novamente. Já na Secretaria de Obras e Urbanismo na última quinta-feira (16) esteve fazendo recuperações no acesso ao Passo dos Baios, serviços de capina e limpeza da Av. Santos Abreu, troca de canos e esgotos, patrolamento na Nova Esperança e na Rua Luis Antonio Abreu de Moraes, também no trevo da Nova Esperança em direção ao distrito industrial.
Prefeito participou de audiência pública sobre a duplicação da BR- 116
* O prefeito Rudinei Harter participou, nesta segunda-feira (20), da audiência pública realizada na Assembleia Legislativa, que reuniu integrantes da
Audiência Pública sobre energia elétrica foi realizada na sexta-feira
* Foi realizada na última sexta-feira (17) na Câmara de Vereadores uma Audiência Pública para debater os frequentes problemas de energia elétrica. A audiência foi proposta pelos vereadores do PSDB Adrean Peglow, Matias Fromming e Paulinho Pereira, e contou com a presença dos seguintes integrantes da CEEE: o diretor de distribuição Julio Hofer, secretário estadual de minas e energia, Arthur Lemos, o gerente regional, Cácio Martins e o gerente local, Roberto Rivelino. Estiveram presentes também autoridades estaduais e municipais. O prefeito Rudinei Harter falou sobre a situação caótica em que se encontra a rede do Taquaral, que já existe por mais de 36 anos e está praticamente condenada. Salientou sobre uma proposta existente para melhoria nesta rede, e também sobre um abaixo assinado que já foi realizado. Rudinei ressaltou também sobre os prejuízos que os agricultores sofrem com estes constantes problemas de energia elétrica, além dos bens de consumo que possuem em suas geladeiras. Eles também perdem quando estão com as estufas de fumo ligadas, afeta a segurança nas propriedades rurais, entre outros danos. Pediu que a situação de São Lourenço do Sul seja analisada com carinho, pois o investimento necessário é extremamente urgente. Como encaminhamentos da Audiência, a CEEE prometeu melhorar a rede na parte do Taquaral, três camionetes novas e também tentar solucionar o problema das pessoas ou comunidades que estavam presentes e fizeram as suas reivindicações. O prefeito agradeceu aos vereadores que fizeram esta proposta de extrema importância para o município, aos integrantes da CEEE pela vinda e pela disponibilidade de ouvir as manifestações, e também aos deputados estaduais Pedro Pereira e Lucas Redecker, bem como demais autoridades que estavam presentes.
Piezômetros estão sendo instalados no Camping Municipal
* A administração municipal gestão 2017/2020 assumiu o Camping Municipal no dia 1º de janeiro com liberação provisória. O Camping estava interditado, pois não possuía licença de operação de piezômetros até o momento. A instalação faz parte do estudo condicionante de liberação da FEPAM, que pede para monitorar a qualidade de água do lençol freático. Esses piezômetros que foram instalados servirão para a coleta de amostra para análise da qualidade de água. Esses dados embasarão o projeto do esgoto sanitário do Camping Municipal. A gestão atual além de ter
Aumento da criminalidade
em Camaquã e região foi assunto
* Uma comitiva do Município de Camaquã, foi recebida na tarde dessa segunda-feira (20) pelo comandante-geral da Brigada Militar, Cel. Andreis Silvio Dal'Lago, em Porto Alegre. O deputado Pedro Pereira, falou da sensação de insegurança que todos os gaúchos estão sentindo, devido ao baixo efetivo de policiais militares nos municípios do interior do Estado. O vice-prefeito e secretário da Agricultura e Abastecimento, Jair Martins, reforçou o pedido, e disse que “a população não pode mais esperar, onde os comerciantes se sentem inseguros e na zona rural, todos os dias, tem abigeatos” explicou. De acordo com o Cel Andreis, “em maio devem se formar cerca de 1.200 brigadianos, que serão designados para atuar em diversos municípios, inclusive em Camaquã” garantiu. O comandante prometeu que serão realizadas mais ações no munícipio, para amenizar o problema da criminalidade, como por exemplo, fiscalização e blitz em locais estratégicos. Outros assuntos, como câmeras de segurança, policiais aposentados, transferência, também foram pautados na audiência com o comandante. (Divulgação)
Representante da Defensoria Pública da União propôs projeto
“DPU Para Todos”
* Na tarde de quinta-feira (16) o defensor público-chefe da unidade de Pelotas, Junior Leite Amaral, representando a Defensoria Pública da União (DPU), esteve em reunião com o prefeito Rudinei Harter e com o Procurador Geral Henrique Crespo. A DPU é responsável pela assistência jurídica integral e gratuita aos hipossuficientes, em participação ao projeto “DPU Para Todos”, desenvolvido pela Defensoria Pública-Geral da União. A pauta da reunião foi o interesse de executar este projeto no município, já que a cidade foi selecionada a partir de critérios como renda de até três salários-mínimos, não existência de unidade da DPU em caráter permanente e outros. A Defensoria Pública da União abrange a competência da Justiça Federal Comum e Especializada e se dirige, na maior parte, à previdência e assistência social (questões envolvendo benefícios pagos pelo INSS), ao relacionamento com a Caixa Econômica Federal (empréstimos, financiamentos habitacionais e estudantis), INCRA, IBAMA e outros. Pretende-se realizar esta ação no município nos períodos de: 09/05/2017 a 12/05/2017; e 23/05/2017 a 26/05/2017, das 8h às 12h e das 13h30 às 18h.
Santa Casa de Misericórdia
de São Lourenço do Sul encerra atividades dos setores paralisados pela greve dos médicos
* A direção da instituição desativou na última sexta feira (17) os setores de obstetrícia, pediatria, bloco cirúrgico e área de anestesia em função de não haver progredido as conversações entre o hospital e os médicos que estão em estado de greve. Os colaboradores destes setores receberam aviso de férias coletivas enquanto a administração segue os esforços na busca de soluções. A administração sempre primou pelo atendimento hospitalar total à população lourençiana e para as cidades que é referência. Porém as soluções paliativas se exauriram. É imprescindível que haja uma solução permanente o qual passa pela renumeração adequada aos serviços prestados pela entidade. Recentemente foi criado um gabinete de crise formado por membros da entidade, da prefeitura municipal e do governo do estado para buscar soluções e adequações à realidade financeira da Santa Casa. O plantão e o corpo clínico do hospital segue, normalmente as atividades de atendimento à população. O hospital, por sua direção, ratifica a intenção de um acordo imediato, pois nunca negou o atraso nos honorários dos médicos em greve, porém em face da crise que atinge não só está instituição, precisou adequar o seu modelo operacional. (Assessoria de Imprensa)
Novo livro do médico-escritor Edilberto Luiz Hammes
* Em breve terão os leitores interessados em genealogia ou história ou, simplesmente, os ávidos pelo conhecimento geral das coisas que nos cercam, um magnífico trabalho que mostra a origem das famílias de origem germânica que escolheram terras no Brasil para viver, no século 19, seguidos de uma geração após outra, na então única colônia alemã da metade sul do estado gaúcho, em terras inicialmente pertencentes ao município de Pelotas. Trata-se do “DICIONÁRIO DE SOBRENOMES DE ORIGEM ALEMÃ DE SÃO LOURENÇO DO SUL E DAS COLÔNIAS ADJACENTES”, estando já escritas, por enquanto, 908 páginas. Fruto de minuciosas pesquisas de muitos anos, em diversas fontes confiáveis, o autor lourenciano, médico de profissão, deixará um legado incomparável aos seus pósteros. Edilberto Luiz Hammes, nascido na cidade de São Lourenço em 1942 (quando ainda não era “do Sul”) mostrará a seus leitores os pioneiros imigrantes vindos da chamada zona de fala alemã – os teutos, ou germânicos ou, mesmo, “alemães” –, e seus descendentes, a maioria nascida no Brasil, bem como, algumas vezes a terceira geração: onde eles nasceram, cemitérios em que foram sepultados, datas de seus nascimentos, de seus casamentos, de suas mortes, nome dos pastores luteranos envolvidos nesses acontecimentos, enfim... O dicionário contém os nomes de mais de mil famílias que escolheram as colônias de São Lourenço, de Pelotas, de Turuçu, de Canguçu e arredores para morar (e morrer), ordenadas de A a Z, proporcionando – em muito casos – a origem europeia dos imigrantes, não só de sua nação, de sua província, do reino onde residiam, do estado natal, como também, e principalmente da cidade ou aldeia onde nasceram, com enfoque especial às localidades da Pomerânia, mostradas também em detalhados mapas, cujas denominações originais, alemãs, não mais existem, tendo sido substituídas depois da Segunda Guerra Mundial por nomes poloneses, tudo minuciosamente descrito. Ou seja, se algum descendente viajar hoje para conhecer as localidades onde nasceram seus antepassados, saberá, pelo Dicionário, os seus nomes antigos e atuais. Um livro importante para muitos que até agora não sabem de onde vieram e, mesmo, quem eram seus antepassados, incluindo curiosidades incríveis como origens dos sobrenomes e seus significados. Foram, e estão sendo pesquisados, milhares de registros. Quase cem cemitérios foram já visitados. Milhares de quilômetros foram percorridos pelo interior de São Lourenço do Sul e municípios adjacentes. Milhares de túmulos foram fotografados. Milhares de nomes e sobrenomes pesquisados. Milhares de datas descobertas. Milhares de localidades de nascimentos. Sobrenomes de gente famosa no mundo, idênticos aos dos nossos habitantes. A evolução histórica da Alemanha, com dezenas de mapas, para melhor compreensão do texto. Nomes e sobrenomes não só de pomerânios, mas de renanos e oriundos de outras regiões que vieram para nossas colônias. 80% de possibilidades de serem encontrados nossos descendentes... Enfim, um livro para cada um ter um sua casa para conhecimento e pesquisa, que conta com mais de trezentos colaboradores, muitos dos quais morando hoje longe de São Lourenço, inclusive em outros estados, mas que tiveram seus antepassados imigrados para cá, ansiosamente esperando pela sua publicação. O lançamento dependerá da demora no recebimento de dados que ainda faltam, solicitados a muitas pessoas instadas a colaborar, mas que, infelizmente, ainda não deram retorno ao autor.
Duplicação da BR 116: Bancada federal compromete-se
com emenda de R$ 200 milhões em 2018
* A bancada federal gaúcha comprometeu-se, nesta segunda-feira (20), a subscrever emenda impositiva no orçamento de 2018 destinando R$ 200 milhões à duplicação da BR 116. A decisão ocorreu durante reunião com a Frente Parlamentar pela Conclusão da Duplicação da BR 116, presidência da Assembleia Legislativa, Ministério dos Transportes, governo estadual, deputados estaduais, prefeitos, vereadores, lideranças empresariais, sindicais e sociais na região Sul do estado no Vestíbulo Nobre da Assembleia Legislativa. Mais de 400 pessoas participaram da atividade que também encaminhou a mobilização em torno do remanejo de R$ 150 milhões do orçamento deste ano do Ministério dos Transportes este ano, além do agendamento de audiência com o presidente Michel Temer para assegurar a realização do pleito e da promoção de reuniões periódicas com os setores de planejamento do governo federal. A proposta partiu do deputado federal Henrique Fontana (PT). Ele também defendeu a retomada das atividades do Polo Naval de Rio Grande. O deputado Cajar Nardes informou que uma suplementação de R$ 110 milhões garantiria mais 97 km de duplicação. O deputado federal Afonso Hamm informou que está coletando assinaturas para a criação de uma frente parlamentar pró BR 115, que já conta com a adesão de três senadores. De acordo com o deputado José Stédile, a bancada federal pode eleger a BR 116 como o objeto de uma das duas emendas impositivas a que tem direito no próximo ano a exemplo do que ocorreu este ano, quando do total de R$ 600 milhões 50% foram destinados à agricultura e 50% à segurança. Segundo o deputado Luiz Carlos Heinze, o Brasil tem, hoje, R$ 70 bilhões em obras definidas, mas apenas R$ 3 bilhões orçados para este ano. Também participaram da reunião o senador Lasier Martins, representante da senadora Ana Amélia Lemos, Vitor Hugo de Alcântara, e os deputados, Mauro Pereira, José Stédile, Dionilso Marcon, Jerônimo Goergen, Luiz Heinze, Afonso Motta, Alceu Moreira e Pompeu de Mattos. O secretário nacional de Orçamento e Gestão do Ministério dos Transportes, Luciano Castro, reconheceu a importância da obra na rodovia que escoa 70% da produção para o porto de Rio Grande e comprometeu-se a encaminhar o pleito do Rio Grande do Sul ao ministro Maurício Quintella, bem como a liberar todos os recursos já orçados este ano e tentar remanejar recursos de outras obras. Castro sugeriu que as lideranças da região sul atuem junto à Superintendência Regional do DNIT durante a confecção do orçamento de 2018, a partir de junho, e anunciou que, no prazo de 30 dias, um grupo técnico do Ministério virá ao estado para averiguar o estágio das obras. “Temos um longo caminho pela frente e manteremos a mobilização pela execução das obras”, avaliou o deputado Zé Nunes (PT), coordenador da Frente Parlamentar e articulador do encontro que estabeleceu a unidade da região Sul do estado em torno desta pauta. O próximo passo da mobilização está agendando para o sábado (25) pela manhã, no calçadão de Pelotas, quando serão recolhidas adesões ao abaixo-assinado pela conclusão da obra. De acordo com o superintendente do DNIT/RS, Hiratan Pinheiro da Silva, 55% da duplicação foram executados e nenhum segmento da obra foi liberado. Este percentual aumenta para 85% no contorno de Pelotas. Ele confirmou que são necessários mais R$ 660 milhões para a conclusão da duplicação e que o orçamento deste ano prevê apenas R$ 59 milhões. Ele confirmou que com uma suplementação de R$ 110 milhões no orçamento deste ano seria possível concluir 96 km, o que equivale a mais 45% da obra. Sem a suplementação, em contrapartida, será possível executar apenas 33 km. O superintendente da Polícia Rodoviária Federal no estado, Pedro de Souza da Silva, disse que nos últimos seis anos o custo social por acidentes e mortes no trecho Guaíba Pelotas chega a R$ 354 milhões, que equivale à metade do valor total da obra de duplicação. Ele informou que no Rio Grande do Sul foi verificada a redução de 19,3% no número de mortes em acidentes de trânsito, ao passo que na BR 116 houve apenas quatro mortes a menos e aumentou o número de colisões frontais, responsáveis por 40,4% dos óbitos. Souza enfatizou o número de óbitos na BR 101, que era de 34 a 40 casos por ano, caiu para seis casos em 2016 por conta da duplicação. O secretário estadual de Transportes e Mobilidade, Pedro Westphalen, lembrou que o governo do estado reforçou o pedido de mais R$ 200 milhões para a “solução do principal gargalo do Rio Grande do Sul”. O presidente da Assembleia Legislativa, Edegar Pretto, observou que a conclusão da BR 116 é importante para todo o Brasil. Lideranças regionais também se pronunciaram. O presidente da Associação dos prefeitos da Zona Sul, prefeito Fávio Teles, e da Costa Doce, Silvio Rafaelli, reforçaram a sugestão da emenda propositiva em nome de 36 prefeituras. O representante do setor empresarial, Gilmar Bazanella, lembrou que já foram aplicados R$ 717 milhões na duplicação, sem que a comunidade tenha usufruído da obra. Integrante da direção do Sindicato dos Metalúrgicos de Rio Grande, Benito Gonçalves, lamentou as mortes ocorridas nos trechos não duplicados da rodovia.
Possibilidade de nova área para criação de Campus da FURG
* Na manhã da última sexta-feira (17) o prefeito Rudinei Harter e o secretário de Planejamento e Meio Ambiente, Sergio Hax, reuniram-se com mais um possível doador de terreno, representantes da imobiliária Toni Neutzling e com o diretor da FURG, Prof. Eduardo Saldanha Vegelmann. Na ocasião, Pandiá Cardoso salientou sua disponibilidade em negociação de terra para que a FURG possa construir o seu Campus, contribuindo com o desenvolvimento da cidade. Nesta mesma área disponibilizada, estuda-se a possibilidade de execução de uma estrutura de drenagem de água deste loteamento e o bairro Sete de Setembro, diminuindo o elevado número de água distribuída no valão da Avenida Sony Corrêa. O prefeito manifestou-se parceiro desta ação, pedindo um prazo de 120 dias para os estudos de viabilidade. Também foi salientado sobre uma área disponibilizada anteriormente, sendo uma propriedade particular, que se dispõe a fazer a doação de 10 a 12 hectares localizados na RS 265. Rudinei também ressaltou a importância de utilização destas áreas para o desenvolvimento da cidade abranger e se estender por outros pontos, melhorando a mobilidade urbana no Centro da Cidade, e que a parceria com a Universidade é essencial para seguir o propósito de alcançar uma educação qualificada no município, que é uma das suas principais metas de governo.
Neste final de semana acontece o 20º Moto Lagoa
* Neste FINAL de semana São Lourenço estará vivendo mais um grande “Moto Lagoa”, considerado um dos maiores eventos de motociclismo da região. Uma inciativa privada da Associação Motociclística Guerreiros do Asfalto, chega à sua 20ª edição contribuindo de forma importante na economia e turismo do município. Este ano são esperados de 30 a 40 mil visitantes, sendo na maioria turistas. Uma grande parceria é formada com a Prefeitura Municipal, ACI, comércio local, postos de combustíveis, hotéis, pousadas e ambulantes no ramo de alimentação e ainda, uma importante contribuição de voluntários e do grupo de motociclistas Piratas da Lagoa. O MOTO LAGOA promete uma programação espetacular, com a presença de 10 bandas de projeção como TENENTE CASCAVEL, DR. DOG., GUEPPARDO e MARENNA, além de apresentações da tradicional MANOBRAS RADICAIS com motos e a participação inédita do lutas MMA, MUAI THAY e BOXE. A programação do evento conta também com desfile pelas ruas da cidade, balada na boate Papillon, a grande feira de artigos motociclísticos e praça de alimentação. A resposta do segmento motociclístico, diante desta programação, amplamente divulgada nas redes sociais, é de que neste ano deverá ocorrer um dos maiores da história do Moto Lagoa. Já confirmadas as presenças de grupos de todo o Brasil e de países vizinhos. É esperada, também, a presença maciça do povo de São Lourenço para prestigiar o evento. Um planejamento apurado e consequentemente uma boa oferta de atrações, segurança e estruturas, garantem o sucesso e a credibilidade do evento. Neste fim de semana São Lourenço vai ser a casa do motociclista, então... que sejam bem vindos! (Albino Specht - Presidente da AMGA)
Programação
* SEXTA-FEIRA (dia 24) - A partir das 10 h abertura do encontro. A partir das 15 h, recepção na RS 265, junto ao Posto da Polícia Rodoviária Estadual. Às 20 h atração inédita. Competição de lutas (Boxe, Muay Thai e MMA). Palco principal - 19 h - Banda Calavera; 20 h - Banda Zelda; 21 h - Gueppardo; 22 h - Banda Gobust; 23 h - Q’Nome; 01:00 h - Marenna.
* SÁBADO (dia 25) - A partir das 9 h, recepção na RS 265, junto ao Posto da Polícia Rodoviária Estadual e reabertura do encontro. Às 11 h, desfile com a participação de “Arte e Equilíbrio”. Às 21 h, show de manobras radicais “Arte e Equilíbrio. Palco principal - 17 h - Abertura oficial do evento; 18 h - Banda Os Rebobináveis; 19 h - Banda The Jarbs; 21 h - Banda Bourbon Schot; 22 h - Banda Dr. Dog; 23 h - TNT - Tenente Cascavel; 01:00 h - The Jarbs. A partir da 01:00 h, Balada do Motociclista na Boate Papillon.
* DOMINGO (dia 26) - A partir das 9 h, reabertura do encontro. Pela manhã, bandas diversas. Às 13 h, banda The Rock Machine. Às 15 h, show de manobras radicais com “Arte e Equilíbrio”. Às 18 h, encerramento.
Universitário, enteado de lourenciano, foi morto com tiro na cabeça em assalto em Porto Alegre
* UM JOVEM de 20 anos que ensinava artes marciais para crianças carentes, chegava em casa, em Porto Alegre, por volta das 22:30 h, quando foi abordado.
Um universitário foi morto quando chegava em casa, durante assalto na noite de terça-feira (14) na Zona Norte de Porto Alegre. Gabryel Machado Delgado, 20 anos, era aluno da Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (Fadergs). Ele voltava de ônibus todos os dias para casa, na Avenida Pernambuco, no bairro São Geraldo. Por volta das 22h30, parou em frente ao prédio onde vivia para conversar com um amigo. Foi quando um criminoso se aproximou e pediu o celular de Gabryel. Ele entregaria o aparelho, mas foi alvejado com um tiro na cabeça, conforme relatou à polícia o amigo que estava com a vítima no momento do assalto, e que não se feriu. "Ele foi abordado por um elemento somente. Quando ele foi entregar o celular deve ter se assustado, e houve o disparo. Não houve nenhuma reação por parte da vitima", diz o comissário de polícia Lindomar Souza. O padrasto, lourenciano CESAR MORAES, que criou o jovem desde os 4 anos de idade, estava em casa preparando o jantar. “Eu só peço que as pessoas que estão me ouvindo, que cuidem de seus filhos. Que aproveitem os bons momentos que a gente passa com o filho. Eu tinha ele como um filho, é uma coisa triste”, salientou Cesar. “Nós estamos pior que os presos. Nós que estamos ficando presos. E os caras estão soltos. Pelo amor de Deus, seu governador, veja bem o que acontece. Eu sei, é só mais um para o senhor, mas é triste tu perder a vida. A vida é boa”, lamentou o padrasto. Gabryel era apaixonado por jiu-jitsu e trabalhava como monitor voluntário em uma academia no Centro de Porto Alegre, onde dava aulas para crianças. Após o crime, a amiga do jovem Ana Toliou lembrou das características dele. "Um guri do bem. Ele era alegre, espontâneo, brincalhão", define. (Reproduzido do G1-RS)
BM cumpriu mandado de prisão
* A Brigada Militar de São Lourenço do Sul, por volta das 23:35 h do último dia 15, em patrulhamento de rotina na Av. Sony Corrêa, próximo ao cemitério, abordou A.L.R.F., o qual possuía mandado de prisão a seu desfavor. O individuo foi preso e encaminhado ao HPS local para laudo. Após, à Delegacia de Polícia para a lavratura dos autos.
Policial Militar da 2ª Cia / 30º BPM
é destaque da 47ª Operação Golfinho
* NO ÚLTIMO dia 11, na cidade de Tramandai, por indicação do comando do 30° BPM, o 1° SGT CARLOS EDUARDO TORALLES, recebeu homenagem do Comando da Brigada Militar por se destacar no planejamento e execução da 47° OPERAÇÃO GOLFINHO. BRIGADA MILITAR A FORÇA DA COMUNIDADE!
Preso confessou autoria
(Reproduzido do Diário Gaúcho de terça-feira, dia 21)
A BM prendeu ontem de manhã o responsável pelo assalto que resultou na morte do universitário Gabriel Machado Delgado, 20 anos, no Bairro São Geraldo, no dia 14 de março, em Porto Alegre. De acordo co, a polícia Civil, Flávio William oliveira da silva 20 anos, confessou o crime. Com a prisão dele , um jovem que havia sido denunciado com base em um retrato falado foi liberado depois de 32 horas preso por engano o autor confesso foi preso quando chegava em uma casa com um carro clonado em Eldorado do Sul. Ele tem antecedente por desacato e nunca havia sido preso.
Delegacia de Polícia muda de local
* APÓS o incêndio ocorrido no dia 12 de dezembro do ano passado, o qual consumiu parcialmente o prédio da DP local, o atendimento à população passou a ser realizado, provisoriamente, na sede da S. R. XV de Novembro. O Consepro se mobilizou realizando um grande jantar beneficente, quando angariou recursos suficientes para mobiliar e colocar em funcionamento o novo prédio alugado, localizado à Av. Mal. Floriano, esquina Princesa Isabel. HOJE, quinta-feira (23), as mobílias já se encontram no prédio novo. Porém, é necessário que seja transferida a intranet para que possam ser registradas as ocorrências policiais, o que poderá acontecer ainda nesta semana.
Atenção lourencianos que viajam para Porto Alegre ou vice-versa
* O INFORMATIVO do Tribunal de Justiça do último dia 3 de março, do Núcleo de Inteligência, divulgou importante alerta que deve ser observado por todos lourencianos que viajam para a capital ou retornam. Reproduzimos o texto na íntegra: “Assaltos na ponte do Guaíba - Criminosos têm se aproveitado do congestionamento do trânsito na ponte do Guaíba, na BR 290, para praticar roubos contra motoristas que aguardam o içamento do vão móvel, em que pese os esforços da Polícia Rodoviária Federal em reprimir tais ações. Na maioria das vezes o delito é praticado por adolescentes, muitas vezes armados, que atuam na modalidade de “arrastão”, subtraindo pertences e objetos pessoais. Em razão do exposto, sugerimos que antes de utilizar aquela rodovia e a referida ponte, confirme a previsão de içamento do vão móvel para evitar o congestionamento do trânsito no local, através do telefone 08006472000 ou do site www.concepa.com.br. Solicitamos divulgar essas informações a familiares e servidores”.
* NOTA DA REDAÇÃO - Evite esses horários da ponte elevadiça. PARA SABER os horários que a ponte estará içada, evitando-a, acesse http://www.concepa.com.br/home.aspx e clique no item “Histórico de içamentos”
BM reforça equipe na ponte do Guaíba
* REPRODUZIMOS matéria veiculada no Diário Gaúcho domingo último (dia 19): “A Brigada Militar decidiu mudar o policiamento durante o içamento do vão móvel da Ponte do Guaíba. Viaturas serão enviadas para as ilhas, minutos antes de cada elevação. A nova estratégia foi definida após assaltos a motoristas na BR-290.
Os policiais vão fazer abordagens nas entradas das ilhas, por onde os criminosos fogem após os assaltos. A ação não muda o policiamento na rodovia, responsabilidade da PRF. O comandante do 9° BPM, tenente coronel Eduardo Amorim, diz que vai manter contato com a Concepa para ser avisado com antecedência e conseguir sempre estar no local.
-É uma ocorrência que está aumentando e não tem como dizer que a responsabilidade é somente da PRF. No momento em que estão nas ilhas, é competência da BM-destaca Amorim.
No caso mais recente, testemunhas relataram que quatro assaltantes com aparência de adolescentes atacaram diversos veículos. De acordo com a PRF, sempre que a elevação ocorre, uma viatura monitora a região. No assalto mais recente os policiais não estavam no local, pois a viatura estava custodiando um preso em delegacia.
Santa Casa de São Lourenço do Sul
fecha bloco cirúrgico e maternidade
e impede atendimentos de urgência
e emergência
* A administração da Santa Casa de Misericórdia de São Lourenço do Sul, na Zona Sul do Estado, decidiu fechar, na tarde desta sexta-feira (17), o bloco cirúrgico, a maternidade e a pediatria da instituição. Com a medida, os médicos não podem realizar atendimentos de urgência e emergência na instituição. Esses atendimentos estão sendo garantidos desde o dia 03 de fevereiro, quando os médicos decidiram paralisar os demais serviços devido ao atraso de remunerações desde setembro do ano passado. O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) vai notificar o Ministério Público local a respeito da medida, que impede o atendimento da população do município. O Sindicato entende que a decisão foi arbitrária e deveria ter atendido prazos legais de notificação aos usuários do SUS e aos órgãos competentes. A paralisação, que completou 43 dias nesta sexta-feira, não tem previsão de término, pela falta de perspectiva de acordo. O hospital quer pagar os valores atrasados em 36 meses, mas os médicos querem a quitação em seis meses ou em doze, com juros. Todas as contrapropostas apresentadas pelo corpo clínico foram rechaçadas pela administração da Santa Casa. O SIMERS reforça que, a partir de dados da Secretaria Estadual da Saúde (SES), a Santa Casa recebeu cerca de R$ 1,4 milhão em valores atrasados do governo do Estado no final de janeiro, que deveriam ser utilizados para o pagamento de médicos e funcionários.
* O movimento - Paralisados desde o início de fevereiro – um mês após notificar o hospital dessa intenção –, os médicos de São Lourenço do Sul seguem mantendo os serviços de urgência e emergência. O movimento envolve especialistas de cinco áreas – anestesia, radiologia, pediatria, cirurgia e ginecologia. A medida só foi tomada após expirar o prazo de 30 dias da notificação encaminhada à direção da Santa Casa, no início de janeiro, na qual o SIMERS cobrava a regularização dos pagamentos, e para a qual não obteve resposta. Nesta semana, em um manifesto, os médicos reforçam que não têm mais condições de trabalhar sem o recebimento de salários. Eles reivindicam condições dignas de trabalho e o pagamento dos valores em atraso. (Assessoria de Imprensa SIMERS)

 

 

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click