Redação

Quinta, 23 Maio 2019 06:51

David Baini edição 23-05-19

Aumento da pena mínima para traficantes
* O senado aprovou, na semana passada, o projeto que promove alterações na polícia nacional de drogas. O texto segue para a sanção do presidente Jair Bolsonaro. A proposta regula temas como a possibilidade de internação compulsória de usuários de drogas e o aumento da pena mínima para traficante que comandar organização criminosa, de cinco para oito anos de reclusão. Também incorpora ao Sistema Nacional de Políticas Pública sobra Drogas (Sisnad) às comunidades terapêuticas, intituições de cunho religioso que já foram acusadas de violação de direitos. Defensor do projeto, o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) pediu aos colegas a antecipação da votação devido à proximidade do julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) que pode descriminalizar o uso de drogas no Brasil. A discussão está prevista para o dia 5 de junho. O projeto aprovado é de 2013 de autoria do ex-deputado Federal e atual ministro da Cidadania, Osmar Terra. A proposta transforma em lei dispositivos presentes na Política nacional sobre Drogas, divulgada no mês passado pelo Governo Federal, além de modificar a Lei de Drogas, de 2006, e outras 12 leis.
Telemarketing: incômodo ao telefone
* MUITA GENTE EM SÃO LOURENÇO DO SUL e em todo país, NÃO AGUENTA MAIS os telefonemas de telemarketing de dia e à noite, sem qualquer respeito das empresas ao consumidor. Advogado especialista em Direito do Consumidor ensina as alternativas para evitar este tipo de aborrecimento e o que o usuário pode fazer em seu favor. Atualmente, todos os usuários de telefone, ou pelo menos a grande maioria, recebe inúmeras ligações diárias, inclusive em fins de semana e feriados. Essas ligações são originadas em serviços de telemarketing, ou seja, contatos de empresas com objetivo de vender produtos e serviços; ou de empresas de cobrança, com objetivo de cobrar dívidas – na maioria das vezes, estas cobranças sequer são da pessoa que recebe a ligação. Essas ligações repetitivas e extremamente abusivas passaram a fazer parte da rotina das pessoas, porém existem mecanismos para evita-las. Conforme o advogado Cristhian Homero Groff, da equipe BVK Advogados Associados, estas ligações são geradas a partir de cadastros que os próprios consumidores completam. “Sempre que preenchemos cadastros físicos ou eletrônicos com nossos dados pessoais, estamos deixando uma espécie de rastro. Segundo ele, mesmo que o usuário não concorde com a divulgação de seus dados, e isto é bastante comum. Essas informações são utilizadas e até mesmo comercializadas para alimentar banco de dados de empresas. O advogado conta que no ano passado, a lei geral de proteção de dados pessoais, 13.709/2018, entrou em vigor com objetivo de garantir a inviolabilidade de informações pessoais, como números de documentos pessoais, telefone e endereço, fixando penalidades para as empresas que violam as informações dos consumidores. “Além disso, essa mesma lei criou a Autoridade Nacional de Proteção de Dados, que é uma agência reguladora para fiscalizar o cumprimento dessa legislação”, destaca. Conforme o advogado, a agência ainda está em fase de implementação.

Quinta, 23 Maio 2019 06:49

Manchetes edição dia 23-05-19

LEIA NESTA QUINTA-FEIRA NO SEU JORNAL O LOURENCIANO


* Universitária da FURG morreu em acidente de moto na Av. Nonô Centeno
* Polícia Civil divulga foto de foragido da Justiça
* Polícia Civil prendeu dois por porte ilegal de arma
* Preso em flagrante quando arrombava residência na praia foi encaminhado ao Presídio de Pelotas
* Polícia Civil cumpriu dois mandados de prisão
* Motociclista caiu da ponte em Picada Feliz
* Brigada Militar alerta sobre golpe usando nome de Policial Militar
* Desempregado foi furtado na rua
* Brigada Militar prendeu foragido
* Mental Tchê reuniu representantes de 55 municípios
* Campanha de Vacinação da Aftosa encerra dia 31 de maio
* Produtores de fumo vão parar de sofrer a falta de energia elétrica na próxima safra
* Dia 31 vai iniciar o período de defeso
* Consulado do Grêmio F. P. em São Lourenço do Sul festeja 4 anos
* Aumento da pena mínima para traficantes


ESTAS E OUTRAS MANCHETES VOCÊ VAI LER NESTA QUINTA-FEIRA NO SEU JORNAL O LOURENCIANO

O prefeito Rudinei Härter determinou na semana passada a abertura de duas sindicâncias investigatórias que objetivam averiguar possíveis irregularidades. Uma delas é na Secretaria de Obras e Urbanismo que trata de investigar denúncias sobre a alimentação do Sistema Frotas que controla combustíveis e peças usadas nos veículos e máquinas. Outra sindicância é na Secretaria de Desenvolvimento Rural com objetivo de investigar a compra de peças para reposição de motoniveladora.

 

A Gestão Desenvolvimento com Transparência prima pelo uso responsável do recurso público, por isso acolhe as denúncias e encaminha as investigações, garantindo assim o respeito à população. Tão logo os fatos sejam esclarecidos, serão tornados públicos.

Quarta, 22 Maio 2019 15:13

Sala Raul Lourenço Soares Crespo

O Vereador Júnior Gehling (PTB), em companhia do membro partidário Mário de Freitas, protocolaram o Projeto de Resolução que “dispõem sobre a denominação da sala da Presidência da Câmara de Vereadores”, Sala Raul Lourenço Soares Crespo. Segundo Júnior Gehling é uma justa homenagem a um homem e à sua família, que como Vereador e muitas vezes na condição de Presidente da Casa do Povo, dedicou sua vida à população lourenciana, sendo considerado o “Vereador dos pobres”, pela assistência oferecida à classe menos favorecida. Além de haver lutado e ajudado no crescimento e desenvolvimento de nosso município, em várias áreas de importante interesse da coletividade, que no papel de Edil desempenhou de maneira nobre e distinta.

A Prefeitura, através da Secretaria de Saúde e Setor de Saúde Bucal, realiza nesta quinta-feira (23), o Dia D do Maio Vermelho, mês de conscientização do câncer bucal. Por isso, haverá atendimento especial de equipes odontológicas no calçadão da rua Alfredo Born, em frente ao Banrisul.

O atendimento será das 9h às 12h e das 13h às 16h, com orientações e exames gratuitamente. Se necessário, será feita coleta de material e encaminhamento para biópsia. Além da equipe de saúde bucal do município, professores e estudantes da UFPel participarão do atendimento.

Com o objetivo de trazer mais segurança para os moradores do Coqueiro, nesta semana, o prefeito Rudinei Härter esteve protocolando junto ao DNIT, em Pelotas, solicitação de construção de uma passarela de pedestres. O trecho da BR-116 que corta o Coqueiro já é considerado perigoso para travessia de pedestres, com a duplicação, a tendência é da periculosidade aumentar.

No projeto de duplicação atual não há previsão para a colocação de travessia no local, onde a E.M.E.F Sady Hammes se encontra de um lado da rodovia e a UBS local do outro, dezenas de escolares e famílias atravessam a BR-116 diariamente para chegar aos dois locais.

 

Nesta quarta-feira (22), em audiência com o prefeito municipal Rudinei Harter, a equipe da Secretaria Municipal Desenvolvimento Social e Habitação (SMDSH), presenteou o prefeito com uma camiseta da RAM.

A RAM é uma organização não governamental com base em Camaquã e com ramificações em alguns municípios da região e tem como objetivo principal a valorização da mulher e o repúdio à violência contra elas. Além disso, também tem como objetivo, a mobilização das comunidades para sensibilizar o Governo do Estado a instalar na cidade de Camaquã uma Delegacia Especializada de atendimento as violações dos direitos das mulheres e atenderá as demandas de vários municípios circunvizinhos.

Em São Lourenço do Sul, almeja-se a extensão da RAM e já está sendo criado o Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres – COMDIM, projeto que já esta no legislativo aguardando a aprovação.

 

Nesta quarta-feira (22), em audiência com o prefeito municipal Rudinei Harter, a equipe da Secretaria Municipal Desenvolvimento Social e Habitação (SMDSH), presenteou o prefeito com uma camiseta da RAM.

A RAM é uma organização não governamental com base em Camaquã e com ramificações em alguns municípios da região e tem como objetivo principal a valorização da mulher e o repúdio à violência contra elas. Além disso, também tem como objetivo, a mobilização das comunidades para sensibilizar o Governo do Estado a instalar na cidade de Camaquã uma Delegacia Especializada de atendimento as violações dos direitos das mulheres e atenderá as demandas de vários municípios circunvizinhos.

Em São Lourenço do Sul, almeja-se a extensão da RAM e já está sendo criado o Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres – COMDIM, projeto que já esta no legislativo aguardando a aprovação.

 

Nesta quarta-feira (22), em audiência com o prefeito municipal Rudinei Harter, a equipe da Secretaria Municipal Desenvolvimento Social e Habitação (SMDSH), presenteou o prefeito com uma camiseta da RAM.

A RAM é uma organização não governamental com base em Camaquã e com ramificações em alguns municípios da região e tem como objetivo principal a valorização da mulher e o repúdio à violência contra elas. Além disso, também tem como objetivo, a mobilização das comunidades para sensibilizar o Governo do Estado a instalar na cidade de Camaquã uma Delegacia Especializada de atendimento as violações dos direitos das mulheres e atenderá as demandas de vários municípios circunvizinhos.

Em São Lourenço do Sul, almeja-se a extensão da RAM e já está sendo criado o Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres – COMDIM, projeto que já esta no legislativo aguardando a aprovação.

A Pesquisa Top of Mind, em sua 29ª edição, divulgada na última semana, agregou ao prêmio novas categorias. Uma delas, a temakeria, destacando a Japesca, que ingressa no rol das marcas mais lembradas pelos gaúchos. O CEO do Grupo Japesca, Gabriel Mendo da Cunha, vibra com o resultado e diz que é fruto da expansão da rede e da qualidade dos produtos e serviços ofertados. Hoje são 16 lojas franqueadas na Capital e Região Metropolitana (Gravataí, Alvorada e Vale dos Sinos). Os planos são de chegar também em Novo Hamburgo e outras cidades gaúchas, como Pelotas, Rio Grande, Santa Maria e Lageado, ainda em 2019. O crescimento da Temakeria em 2018 foi de 30% sobre o exercício anterior e as estimativas são de, pelo menos, repetir esta performance neste ano. A pesquisa Top of Mind é da Engaje e foram realizadas em Porto Alegre 600 entrevistas, com moradores de 75 bairros, na faixa etária dos 16 aos 75 anos e pertencentes às classes A,B,C e D/E. A amostra garante um grau de confiança de 95%.

* Para Gabriel Mendo da Cunha (Foto), CEO do Grupo Japesca, expansão, qualidade e serviços contribuíram para o destaque da Temakeria no cenário gaúcho. (Foto: divulgação)

Página 1 de 722

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click