Segunda, 17 Agosto 2020 14:44

Presidente do Sindicato falou sobre as atividades desenvolvidas pela entidade

Por

 

Valnei Bröse, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar, entrevistado falou para o Jornal O LOURENCIANO sobre as atividades desenvolvidas: “Neste ano temos tudo muito diferente. Tivemos a forte estiagem ocorrida com grandes consequências, a pandemia e as restrições, mas a safra tem prazo para acontecer. Estamos num dilema muito grande para podermos manter o atendimento e conseguir contratar todas as operações que vinham sendo realizadas nos anos anteriores sem expor nossos agricultores e associados, garantindo a qualidade no atendimento e a saúde do nosso associado. Falando das contratações: estamos num pico das contratações, muita gente procurando. Neste ano as contratações de custeio em grande parte vão precisar ser renovadas devido ao seguro. Quem fez a solicitação de seguro na safra passada precisa renovar todo seu contrato. Isso demanda tempo e trabalho. No seguro, quem não contratar naquele prazo e não plantar naquele prazo, no próximo ano vai estar fora do seguro. Isso nos preocupa pois estamos pensando no futuro. Estamos trabalhando muito forte na semente de milho do troca-troca. Já recebemos 90% da semente da próxima safra. Trabalhamos neste ano em torno de 3 mil sacos no programa. Isso deve ser 20 a 30% do milho produzido no município. Comunico aos associados: quem quiser semente, já está á pronta entrega junto ao departamento agrícola. Um outro trabalho muito forte nessa época: temos uma equipe preparada para as analises de solos. Toda semana vai uma demanda muito grande para os laboratórios.
Também a partir desta semana estamos trabalhando no ITR. O Sindicato possui um envolvimento muito forte com o Imposto Territorial Rural. Todos os anos, da metade de agosto até 30 de setembro, temos o período do cadastro. Os produtores que possuem imóveis tributados são autuados se não fizerem dentro desse prazo. Nós fizemos uma prorrogação junto aos demais sindicatos desse prazo até novembro. Receita Federal não se manifestou: não temos resposta ainda. A princípio segue o prazo normal. Estamos preparando um trabalho novo com equipe reforçada O Terra Brasil é um programa novo para aquisição de terra, que vem para substituir o crédito fundiário que foi muito importante. Agora, o foco é preparar nossa equipe para o novo programa O Terra Brasil. A regulamentação desse programa deverá chegar até o final deste mês de agosto. Estamos ampliando o setor de atendimento Odontológico e Médico”.

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click