Redação

Boletim Informativo 31.05.2020
Resumo:
Casos Confirmados: 06
Casos suspeitos em Isolamento Domiciliar acompanhado pela SMS: 25
Suspeitos aguardando resultado de testagem: 04
Recuperados: 06
Testes laboratoriais e rápidos realizados: 122
O sexto paciente confirmado com COVID-19 está com a doença inativa, estando apenas com anticorpos da doença. O paciente confirmado com carga viral de COVID-19 já teve contato com o vírus mas não está com a doença, ou seja, o mesmo é considerado recuperado. Ele realizou teste rápido em laboratório particular.

Definidos os classificados do 6º Festimúsica Online 

A versão online do Festimúsica, que chega a 6ª edição, já tem os classificados. Os jurados Cibéli Specht, Danilo Kuhn, Gregory Weiss Costa, Miguel Lima e Carlos Rodrigo Uarth realizaram neste sábado (30) a triagem de mais de 40 músicas inscritas, definindo 10 classificadas para a categoria Autoral e 10 para a categoria Versão.

O Festival será realizado neste ano em uma versão totalmente online, tendo como palco o Facebook. Os classificados devem agora preparar apresentações em vídeos que serão publicados na fanpage da Prefeitura para apreciação do público e dos jurados que definirão os premiados.

O Festimúsica foi retomado em 2019 para as comemorações do aniversário de São Lourenço do Sul, valorizando e estimulando os artistas locais. Devido a pandemia de coronavírus, terá edição pela Internet em 2020. A realização é da Prefeitura, através da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto, Coordenadoria de Cultura.

Os classificados

Categoria Autoral

A Saudade – Guerda Kuhn

The Ghosts Dancing by the Beach – Vitor Arnoni

Se Liga! – Lual Acalanto

Estrada Errada – Lual Acalanto

Toda a luz do teu amor – Tiago Iepsen

Teu olhar e seis invernos – Tiago Iepsen

Me liguei – Nilton Medronha

Curva – Júnior Vieira

São Lourenço levantou! – Ricardo Rosa & Grupo

Uma andorinha nunca fará verão – Tiago Rosa

Categoria Versão

Todo azul do mar (Flávio Venturini) – Deise Melo

Lovely (Billie Eilish) – Melhor de Dois

Bohemian Rhapsody (Queen) – Paulo Vieira Júnior

Coração Selvagem (Belchior) – Brenda Valim

Mil Graus (Aline Barros) – Haniel

Choram as rosas (Bruno & Marrone) – Fred & Fernandinho

Poison Heart (Ramones) – 40tones

Volta pra mim (Roupa Nova) – Geison Kuhn

Bem a fim (Humberto Gessinger) – Danilo Rickes

El testment D’Amelia (Miguel Lobert) – Yuri Malta

As missas aos domingos na igreja Matriz  estão recebendo um limite de 30 fieis, que devem inscrever-se antecipadamente no Comando Catolico Lourenciano (localizado ao lado da igreja) para que possam participar das mesmas. A missa acontece aos domingos as 9:30h. Algumas igrejas também adotaram esse sistema e outras realizam missas on line em São Lourenço do Sul.

O Vereador Paulinho Pereira (PSDB) divulgou em sua rede social que o Ministério da Cidadania aprovou o projeto de reforma do Ginásio Municipal de esportes Nedilande Vargas Corrêa (emenda direcionada ao esporte e protocolada antes da pandemia), agora irá para análise da Caixa Federal. Apesar do processo não ter uma previsão de aprovação, espera-se que ainda este ano inicie as obras da reforma com o Valor de R$ 250 mil (emenda do Deputado federal Daniel da TV atendendo a solicitação deste vereador em 2019 e cadastrada em 10 de fevereiro junto ao SIOP) que será depositado na conta do município para abrir licitação. O processo é lento, mas deve ser salientado o empenho que Vereador tem feito há alguns anos, para que a comunidade receba de volta o ginásio Municipal para a realização de várias atividades esportivas e entretenimento no município.

 

A Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul) emitiu documento com recomendação para as prefeituras cancelarem as agendas previstas até o final de 2020, em respeito às orientações de distanciamento social defendidas pelos Comitês de Crise e pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A recomendação é válida tanto para o Poder Público, quanto para empresas privadas e entidades envolvidas na promoção de eventos. A Azonasul destaca que alterações poderão ocorrer, na carona de mudanças em decretos estadual e municipais, respaldados por protocolos técnicos que confirmem ser possível modificar medidas de prevenção. O documento é fruto de debate ocorrido em reunião de prefeitos, por videoconferência. 

São Lourenço do Sul: Apenas três programações permanecem como dúvida que ainda possam acontecer: a Semana Farroupilha, a Südoktoberfest e o Show da Virada.

Reponte da Canção, Festival de Bandas, Festa do Colono e o Mental Tchê integram a lista de eventos suspensos - afirma o prefeito Rudinei Härter (PDT). No caso da festa germânica, há discussões para verificar a viabilidade de criar um formato em que o público recebesse o chope em casa. Ainda não existem definições.

Fonte Azonasul e Diário Popular

Os estados que ainda não atingiram a meta de vacinar 90% dos grupos prioritários contra a Influenza (H1N1, H3N2 e Influenza B) poderão continuar imunizando a população até o dia 30 de junho. No Rio Grande do Sul, a cobertura vacinal foi de 66,42% da população estimada de 5.069.591, com 3.367.042 doses aplicadas em todos os grupos prioritários.


Dados parciais do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), no que se refere aos resultados da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, demonstram que foram vacinadas até 25/05,  48.059.096 pessoas de um total de 77.728.419 de pessoas, com alcance de uma cobertura vacinal de 61,83%.

Em todo o Brasil a meta de cobertura vacinal (90%) foi alcançada para os grupos das pessoas com 60 anos ou mais (113,3%) e trabalhadores da saúde (103,01%). Não foi alcançada para os outros grupos prioritários.

A vacinação contra influenza tem por objetivo a redução do número de complicações, internações e índice de mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da gripe, nos grupos-alvo definidos, em especial frente a situação que o país enfrenta com a pandemia de coronavírus.

Recomenda-se que as doses existentes nos municípios devem continuar sendo destinadas aos grupos prioritários já elencados:

- pessoas de 60 anos ou mais
- trabalhadores da saúde
- profissionais das forças de segurança e salvamento
- pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais
- adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas
- população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional
- caminhoneiros
- motoristas e cobradores de transporte coletivo
- portuários
- povos indígenas
- crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade
- pessoas com deficiência, gestantes e puérperas até 45 dias
- adultos de 55 a 59 anos de idade
- professores das escolas públicas e privadas

Fonte: Secretaria Estadual de Saúde

A Prefeitura, através da Secretaria de Obras e Urbanismo, trabalha na instalação de tubulação de escoamento pluvial em um trecho da rua São Lucas, entre Dionísio Aragão e Irmão Júlio, no Balneário.

A obra realiza pela equipe da Secretaria, além de melhorar o escoamento de águas da chuva, evitando alagamentos, é uma preparação para que a rua receba, em seguida, a pavimentação que deverá iniciar em breve.

Fonte:DECOM

 

O prefeito Rudinei Härter recebeu na manhã desta sexta-feira (29), o administrador da Associação Beneficente São João da Reserva, Carlos Emanuel Bólico, para a assinatura de contratos em que o Município repassará mais de R$ 2 milhões para investimentos no Centro de Saúde São João da Reserva.

Um dos contratos, no valor de R$ 1,615 milhão (um milhão, seiscentos e quinze mil reais), é para o projeto Lava Certo, com finalidade de estruturação de lavanderia hospitalar com todos os equipamentos necessários para a correta e eficiente higienização de roupas, como exige o ambiente hospitalar. São recursos arrecadados via Conselho Municipal do Idoso.

Para o projeto Organiza SUS, o contrato é de repasse de R$ 600 mil (seiscentos mil reais), arrecadados via Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, com finalidade de estruturação hospitalar para atendimento de crianças e adolescentes. O investimento será em padronização da rouparia da instituição, utensílios usados diariamente na alimentação de pacientes e acompanhantes, e ainda atualização da ala SUS, com aquisição de equipamentos e mobiliário.

Foi também assinado aditivo ao contrato de serviço de oftalmologia para a compensação dos atendimentos que ficaram suspensos durante a paralisação devido a pandemia e ocorrerão a partir de agora.

O prefeito Rudinei Härter comemora o repasse de recursos para a instituição. “São investimentos importantes em uma instituição que tem serviços extremamente relevantes prestados para a nossa comunidade”, destacou. 
A necessidade do distanciamento, ao aderir à quarentena afastou-nos uns dos outros, dos nossos locais de trabalho e das escolas, da convivência diária com a família, colegas e amigos. Muitos desafios surgiram em função da pandemia pelo novo coronavírus covid-19, que de forma abrupta assola a todos. Tudo aconteceu muito rápido e isso desencadeou uma mudança nas rotinas familiares e escolares. A necessidade de obtenção de subsídios para enfrentar o distanciamento social desencadeou grandes impactos, mudança, necessidades e adequação em nossa vida. As escolas tiveram que, rapidamente, encontrar alternativas para subsidiar seus profissionais. Sentimos-nos agindo em urgência e decidindo nas incertezas de uma pandemia desconhecida. Com o intuito de proteção, buscamos condições de continuidade à incrível missão de ensinar! Juntamente com as famílias, buscamos atividades domiciliares, que auxiliaram na reorganização da rotina, com os filhos em casa. Foi um momento de união (à distância), de escutar, entendemos que escutar também é um ato de amor e que educa, de esclarecer dúvidas e de descobertas. Vimos pais parceiros, que tiveram que se envolver mais que em outros momentos. Nem todos os segmentos tiveram a possibilidade de se adequar a este desafio.

A sociedade está vivendo a saudade e a ausência do convívio. A impossibilidade de contato presencial tem causado um impacto muito doloroso, um aprendizado, uma reflexão. De forma online, as dificuldades vêm sendo amenizadas e estamos mantendo vínculos. No que se refere à Educação, as direções e as equipes pedagógicas das escolas assessoram professores, garantindo continuidade de aulas e aprendizagem, um pouco diferente do que era a rotina. As aulas estão sendo desenvolvidas pelos professores com muita criatividade, determinação, conhecimento, garantindo proposição e realizações das atividades domiciliares. As respostas ao momento atual, podem dar impulso a mudanças positivas e duradouras nos sistemas educacionais. Considerando o imediatismo e as incertezas existentes, nunca vividas ao longo dos 84 anos ENSEM, este educandário busca ser a cada dia melhor, mais forte, com objetivo de reconstruir ou retornar com, ainda mais, união os laços entre família e escola. Neste sentido, destacam-se possíveis legados que podem representar avanços educacionais (fortalecimento das relações família-escola, maior introdução da tecnologia como aliada). Os professores estão sendo incansáveis, garantindo o aprendizado dos alunos, na medida do possível, buscando despertar e instigar interesses à distância. Estamos vivendo um período excepcional e inusitado, o nosso desejo, enquanto escola, é que todos os alunos saíssem sem prejuízo educacional, ou menor possível, por isso se buscou plataformas educacionais adequadas ao momento e que proporcione qualidade às atividades, bem como maior aprendizagem. O grande assessoramento das famílias nas atividades domiciliares, tem sido fundamental na educação de seus filhos, um esforço admirável e eficiente. Mesmo com dificuldades em ajuda-los, percebemos um estreitamento e aproximação nos laços entre pais e suas crianças, em meio da pandemia, algo positivo. Observamos alunos com maior entendimento a nova situação, primando pela adaptação, assumindo seu papel e responsabilidade. Percebemos uma nova forma de viver e agir, neste momento, desencadeados pelo covid-19. Penso muito no que o mundo e as pessoas viverão a partir de agora. Como serão as novas formas de relação afetiva? O respeito ao próximo? A solidariedade entre as pessoas? A empatia nas relações? O cuidado ao outro? Ninguém está livre desta situação, que é alarmante e que mexeu com o mundo. Cabe mencionar que é um momento de novas formas de relações afetivas, de repensar valores humanos, e desenvolvimento de atitudes. É explicita a necessidade de exercitarmos a resiliência. (A Direção)

 

O governador Eduardo Leite anunciou o repasse aos municípios gaúchos de mais 130 mil testes rápidos para diagnóstico da Covid-19. A remessa começará a ser enviada na sexta-feira (29), obedecendo a critérios populacionais e epidemiológicos. “Sabemos que a política de testagem da população é muito importante, algo mundialmente reconhecido, e seguimos nosso desafio de ampliar a capacidade de monitoramento do avanço do coronavírus no Rio Grande do Sul”, ponderou o governador em transmissão ao vivo nesta quinta-feira (28).

De acordo com a secretária da Saúde, Arita Bergmann, o Estado já enviou 348 mil testes rápidos aos municípios e às Coordenadorias Regionais de Saúde. “A prioridade para a realização dos testes segue a mesma: profissionais da saúde, da segurança e do serviço penitenciário, idosos com comorbidades, pessoas com mais de 50 anos e motoristas de transporte público e de carga”, explicou.

Pessoas que residam com quem teve confirmação laboratorial para Covid-19 (contactantes domiciliares), incluindo as situações quando se identifica um caso em instituições de longa permanência de idosos (ILPI), também são prioritárias para testagem.

Todos os 497 municípios gaúchos receberão um lote mínimo de testes rápidos, que foram enviados ao Estado pelo Ministério da Saúde. A eles cabe a responsabilidade de concluir a inclusão de diagnósticos positivos no sistema do E-SUS Notifica, para que o caso passe a ser computado nos dados oficiais da Secretaria de Saúde e do Ministério da Saúde.

Critérios para distribuição dos testes aos municípios no 4º lote:

- Divisão por extrato populacional (dados do IBGE 2018), considerando aproximadamente 1 teste/100 habitantes (reservando ao menos 40 testes por município);
- Municípios com casos confirmados para COVID-19;
- Municípios com novos casos confirmados para COVID-19 que não haviam recebido caixas
por esse critério nas remessas anteriores.

Fonte: Secretaria de Sáude do Estado

Página 1 de 973

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click