Redação

* O Quiropraxista DANILO MEDEIROS esteve realizando sua festa de confraternização de final de ano na noite da última 6ª feira (dia 7), no Clube Caça e Pesca, em Pelotas, quando reuniu funcionários, familiares e amigos especiais. Na oportunidade anunciou oficialmente a instalação do Sanits Day Hospital, em Pelotas, o primeiro da Zona Sul e apresentou sua equipe de trabalho multiprofissional. Muito elogiados a recepção e o empreendimento hospitalar localizado à Av. Dom Joaquim, o qual deverá inaugurar até abril do próximo ano.

 

* A prefeita Municipal Enfª Fábia Richter, assinou junto à prefeitos de outros 18 municípios do RS, a implementação da Lei Anticorrupção (Lei Federal nº 12.846/2013). A assinatura do documento foi realizada na manhã da última quarta-feira (5), durante evento da entidade no auditório do Ministério Público do RS. Os municípios poderão elaborar leis ou decretos que regulamentam a Lei Anticorrupção no âmbito municipal. Com isso, penalizar e modificar a cultura das empresas que buscam vantagens na relação com a administração pública.

Chave/A - Campo do Olaria (Mando de Campo do Olaria)

Veteranos - 

Olaria 2 x 3 Corrientes

Gols: Moises Radtke - 2x e Carlos Barros (Corrientes) e Paulo Ritter e Gerson Bubolz (Olaria)

Arbitragem: Alexandre Souza
Auxiliares: Jorge Veras e Denilson Ribeiro

1ª Divisão -

Grêmio Lourenciano 0x0 Fazenda Carahá

Arbitragem: Jorge Veras 

Auxiliares: Alexandre Souza e Denilson Ribeiro

Chave/B - Campo do Boa Vista (Mando de Campo do Brooklin)

Veteranos -

Pérola TC 1x0 Brooklin

Gol: Careca (Pérola)


Arbitragem: Felipe Nalério


Auxiliares: Romulo Rodrigues e Jeferson Rosa

1ª Divisão -

Palmeiras 1x1 Boa Vista


Gols: Larson Fredes (Palmeiras) e Daniel Wilke (Boa Vista)


Arbitragem: Everton Robledo


Auxiliares: Romulo Rodrigues e Felipe Nalerio

Sub13 - Campo do Olaria


Boa Vista 0x0 Piazitos


Arbitragem: Denilson Ribeiro


Auxiliares: Alexandre Souza e Jorge Veras

Sub13 - Campo do Boa Vista


Bola Dentro 1x2 Brooklin


Gols: Maycon Rodrigues e Thiago Janke (Brooklin) e Jonathan Lilge (Bola Dentro)


Arbitragem: Jeferson da Rosa


Auxiliares: Everton Robledo e Felipe Nalerio

 

Aconteceu neste domingo, (9) a  7° Etapa da copa Costa doce de velocross em São Lourenço do sul, na localidade de Pinheiros. A etapa, que foi realizada na pista Faixa azul, é a penúltima deste ano e contou com pilotos de toda região, premiação em dinheiros em algumas categorias e provas de autocross com gaiolas e Jeeps. A última etapa que define os campeões de 2018 da Copa Costa Doce está marcada para o próximo final de semana com local ainda a ser confirmado pela organização do campeonato e tem grande possibilidade de acontecer novamente no município de São Lourenço do Sul.

Sábado, 08 Dezembro 2018 20:21

8 de Dezembro: Dia da Justiça

O DIA 8 DE DEZEMBRO evoca não só os trabalhadores forenses, mas todo o povo brasileiro para uma data especial: é o DIA DA JUSTIÇA. Essa data é comemorada desde 1940, em referência à Imaculada Conceição. Foi instituída pela Lei 1408/51, através do então Presidente Getúlio Vargas. A Lei n º 1.408, de 9 de agosto de 1951, em seu art. 5º, instituiu o Dia da Justiça, para ser comemorado em todo o território nacional, como feriado forense. O LOURENCIANO presta sua justa homenagem a todos trabalhadores forenses de São Lourenço do Sul e do País.
O Dia da Justiça é comemorado anualmente em 8 de dezembro, no Brasil
* A DATA tem o objetivo de homenagear o Poder Judiciário Brasileiro e todos os profissionais responsáveis em fazer com que a Justiça seja cumprida com imparcialidade. O Poder Judiciário é um dos três principais poderes da República no Brasil. Assim como o Legislativo e o Executivo, o Judiciário é essencial para o funcionamento da sociedade de uma Nação, julgando a aplicação das leis e garantindo que sejam cumpridas. O Poder Judiciário está dividido entre os seguintes órgãos: Supremo Tribunal Federal (STF), Superior Tribunal de Justiça (STJ), Tribunais Regionais Federais e Juízes Federais, Tribunais e Juízes do Trabalho, Tribunais e Juízes Eleitorais, Tribunais e Juízes Militares e Tribunais e Juízes dos Estados e do Distrito Federal. (Foto: RONI COELHO)

 

A importância da continuidade das atividades da agência da Receita Federal em São Lourenço do Sul foi pauta da reunião com o auditor-fiscal da Receita Federal do Brasil, superintendente Luiz Fernando Lorenzi  na ultima semana em Porto Alegre. O  encontro teve a presença do mandato do deputado estadual Zé Nunes (PT), Associação Comercial e Industrial de São Lourenço (ACI) e da Prefeitura. A comitiva lourenciana entregou documento subscrito por diversas instituições do município, em que ressalta a necessidade de atendimento diferenciado aos agricultores, que não têm acesso à internet nas áreas rurais de São Lourenço, Canguçu, e outros municípios, e, portanto, terão dificuldades. Como encaminhamento, foi construído em conjunto com a Superintendência, a possibilidade destes serviços serem prestados por convênio com a ACI, em que o funcionário da Receita trabalharia de forma presencial, na sede da Associação.

No encontro foi afirmado que neste momento, não está nos planos o fechamento da Receita Federal no município, porém a reforma da previdência e a retirada de direitos dos servidores tem induzido novas aposentadorias, e desestimulado a realização de novos concursos. Acrescenta-se ainda o estímulo ao autoatendimento e à utilização de canais virtuais, em que o cidadão passará a acessar os serviços pela internet, representando uma onda de fechamento de agências em todo país, coerente com a lógica do estado mínimo e com a diminuição das funções públicas do Estado.

Está sendo finalizada montagem das estruturas para receber o 8º Encontro de Carros Antigos de São Lourenço do Sul. A partir das 14h já tem programação. Confira!!

Neste sábado e domingo acontece em São Lourenço do Sul o 8º Encontro de Carros Antigos. O evento será realizado no Largo Laura Abreu, na praia e tem o custo de  R$ 10,00 para expositores e a circulação do público em geral não tem custo. No sábado (dia 8), acontece o show do Elvis Presley cover, e no domingo (dia9) mais duas bandas se apresentam. O evento promete movimentar o final de semana e convida todos apaixonados por carros a prestigiarem o evento. 

PROGRAMAÇÃO: DIA 08 - Sábado, 14 h - recepção expositores participantes. 15 h - início da visitação pública. 17 h - Locução e DJ com Taylor Barros. 20 h - Show Trovão Presley - Cover Elvis Presley. 22 h - Show banda The Jarbs. DIA 08 - Domingo, 09 h - Reabertura para visitação DJ e locução com sorteio de brindes com Taylor Barros. 12 h - Horário liberado para almoço (promoção especial para expositores nos restaurantes na área do evento). 15 h - Show Marcos Maestro e Banda. 17 h - Encerramento. RESERVAS PARA HOSPEDAGEM: Hotel da Figueiras (53) 3251.3155. Cabanas Recanto da Lagoa (53) 3251.1250. Laguna Apart Hotel (53) 3251.1753. Pousada Verde Água (53) 3251.3432. Pousada Nona Amábile (53) 3251.1264. Hotel Vilela (53) 3251.3335

A propriedade de Renato Bohm Blank, no distrito de Herval, em Canguçu, sediou hoje, 6 de dezembro, a segunda edição da Abertura da Colheita do Tabaco no Rio Grande do Sul. Junto com a esposa Patrícia e a filha Iadni, recepcionou autoridades, produtores e imprensa para o ato simbólico de início da colheita. Animado, Renato conta que, em sua propriedade, realmente é o início da colheita. “Colhemos apenas o baixeiro. A colheita inicia agora e, com o pé direito, com a presença de autoridades e convidados”, destacam, satisfeitos, Renato e Patrícia.

O presidente do SindiTabaco, Iro Schünke, lembrou que a ideia da abertura foi da Secretaria da Agricultura do atual governo estadual, numa valorização da importância social e econômica do setor para o Estado. Ao falar sobre os 25 anos consecutivos do Brasil ser o exportador, enfatizou que há no mundo decréscimo de fumantes, mas ainda com muito consumo de cigarro legal sendo consumido. “O Brasil, no futuro, mesmo que tenhamos decréscimo no plantio, vai continuar produzindo tabaco pois é o pais com o tabaco de melhor qualidade e com avanço na sustentabilidade da produção”, finalizou Schünke.

O vice-presidente da Afubra, Marco Antonio Dornelles, revelou que, apenas para Canguçu, o setor representou, na safra passada, R$ 203.254.000,00 para os produtores, com 5.502 famílias que produziram, em 9.905 hectares, 22.142 toneladas de tabaco da variedade Virgínia. “Por esses números, podemos ver a importância social e econômica do tabaco para os produtores, municípios, os três estados do Sul e para o país”. Dornelles ainda lembrou das ações do setor com a responsabilidade social, educacional e ambiental, citando o Projeto Verde é Vida, o Instituto Crescer Legal e o Programa Plante Milho e Feijão.

O vice-presidente da AmproTabaco, prefeito de São Lourenço do Sul, Rudinei Harter, falou sobre as dificuldades enfrentadas pelo setor. “Mas, já ganhamos alguns espaços, e começamos a ser reconhecidos como cultura importante para as pequenas propriedades”, destacou. Ao falar sobre as campanhas antitabagistas, lembrou que “saúde também se faz através da renda gerada pelo tabaco, por meio dos impostos, e a AmproTabaco está, junto com outras entidades, na caminhada da defesa do setor”.

Para o deputado estadual Marcelo Moraes, o tabaco é importante para o país. “Os que batem o tabaco, não sabem a importância do setor para quem dele depende”, lembrando, além dos produtores, os trabalhadores das indústrias fumageiras.

O deputado federal Luiz Carlos Heinzi, representando a Câmara dos Deputados, lembrou as incontáveis lutas na defesa do tabaco. “Não tem dia nem hora que precisamos estar junto às entidades que defendem o setor, para que possamos falar sobre a importância do setor. Os antitabagistas dizem que se precisa substituir o tabaco e pergunto aos produtores o que substitui a cultura com os mesmos rendimentos”, indagou.

O prefeito de Canguçu, Marcos Vinicius Müller Pergoraro, disse satisfeito que receber a abertura da colheita é momento importante. “Mais importante é que o governo do Rio Grande do Sul reconheceu a importância do setor para o estado. Mas é preciso agradecer a cada um dos fumicultores que nos ajudam a construir um município mais próspero e de crescimento”.

Ao finalizar os pronunciamentos, o secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Odacir Klein, agradeceu “a família que cedeu a propriedade para a abertura da colheita do tabaco, setor tão importante para o Estado. O tabaco produzido no Brasil é praticamente todo exportado, sendo gerador de renda e de bem-estar social aos produtores brasileiros. Devemos resistir à esta pressão equivocada à produção de tabaco. Teremos sérios problemas sem a renda proporcionada pelo setor”.

Para encerrar a abertura, o momento mais esperado pelos fumicultores e convidados presentes: a coheita simbólica do tabaco. Vestindo a roupa adequada, as autoridades presentes, junto aos proprietários, deram o pontapé inicial para a colheita do tabaco no Rio Grande do Sul, cujo resultado final de safra é esperado como sendo positivo pelas as famílias fumicultoras.

HOMENAGEM – A família que cedeu a propriedade para a realização do evento recebeu do SindiTabaco uma cesta com flores e da Afubra, uma cesta com produtos da Expoagro Afubra e um kit produtividade com insumos para o plantio de um hectare de milho.

ABERTURA - A organização da Abertura Oficial da Colheita do Tabaco foi da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul, junto com a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e Prefeitura de Canguçu, e reuniu mais de 350 pessoas, entre produtores de tabaco, autoridades e imprensa.

A propriedade de Renato Bohm Blank, no distrito de Herval, em Canguçu, sediou hoje, 6 de dezembro, a segunda edição da Abertura da Colheita do Tabaco no Rio Grande do Sul. Junto com a esposa Patrícia e a filha Iadni, recepcionou autoridades, produtores e imprensa para o ato simbólico de início da colheita. Animado, Renato conta que, em sua propriedade, realmente é o início da colheita. “Colhemos apenas o baixeiro. A colheita inicia agora e, com o pé direito, com a presença de autoridades e convidados”, destacam, satisfeitos, Renato e Patrícia.

O presidente do SindiTabaco, Iro Schünke, lembrou que a ideia da abertura foi da Secretaria da Agricultura do atual governo estadual, numa valorização da importância social e econômica do setor para o Estado. Ao falar sobre os 25 anos consecutivos do Brasil ser o exportador, enfatizou que há no mundo decréscimo de fumantes, mas ainda com muito consumo de cigarro legal sendo consumido. “O Brasil, no futuro, mesmo que tenhamos decréscimo no plantio, vai continuar produzindo tabaco pois é o pais com o tabaco de melhor qualidade e com avanço na sustentabilidade da produção”, finalizou Schünke.

O vice-presidente da Afubra, Marco Antonio Dornelles, revelou que, apenas para Canguçu, o setor representou, na safra passada, R$ 203.254.000,00 para os produtores, com 5.502 famílias que produziram, em 9.905 hectares, 22.142 toneladas de tabaco da variedade Virgínia. “Por esses números, podemos ver a importância social e econômica do tabaco para os produtores, municípios, os três estados do Sul e para o país”. Dornelles ainda lembrou das ações do setor com a responsabilidade social, educacional e ambiental, citando o Projeto Verde é Vida, o Instituto Crescer Legal e o Programa Plante Milho e Feijão.

O vice-presidente da AmproTabaco, prefeito de São Lourenço do Sul, Rudinei Harter, falou sobre as dificuldades enfrentadas pelo setor. “Mas, já ganhamos alguns espaços, e começamos a ser reconhecidos como cultura importante para as pequenas propriedades”, destacou. Ao falar sobre as campanhas antitabagistas, lembrou que “saúde também se faz através da renda gerada pelo tabaco, por meio dos impostos, e a AmproTabaco está, junto com outras entidades, na caminhada da defesa do setor”.

Para o deputado estadual Marcelo Moraes, o tabaco é importante para o país. “Os que batem o tabaco, não sabem a importância do setor para quem dele depende”, lembrando, além dos produtores, os trabalhadores das indústrias fumageiras.

O deputado federal Luiz Carlos Heinzi, representando a Câmara dos Deputados, lembrou as incontáveis lutas na defesa do tabaco. “Não tem dia nem hora que precisamos estar junto às entidades que defendem o setor, para que possamos falar sobre a importância do setor. Os antitabagistas dizem que se precisa substituir o tabaco e pergunto aos produtores o que substitui a cultura com os mesmos rendimentos”, indagou.

O prefeito de Canguçu, Marcos Vinicius Müller Pergoraro, disse satisfeito que receber a abertura da colheita é momento importante. “Mais importante é que o governo do Rio Grande do Sul reconheceu a importância do setor para o estado. Mas é preciso agradecer a cada um dos fumicultores que nos ajudam a construir um município mais próspero e de crescimento”.

Ao finalizar os pronunciamentos, o secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Odacir Klein, agradeceu “a família que cedeu a propriedade para a abertura da colheita do tabaco, setor tão importante para o Estado. O tabaco produzido no Brasil é praticamente todo exportado, sendo gerador de renda e de bem-estar social aos produtores brasileiros. Devemos resistir à esta pressão equivocada à produção de tabaco. Teremos sérios problemas sem a renda proporcionada pelo setor”.

Para encerrar a abertura, o momento mais esperado pelos fumicultores e convidados presentes: a coheita simbólica do tabaco. Vestindo a roupa adequada, as autoridades presentes, junto aos proprietários, deram o pontapé inicial para a colheita do tabaco no Rio Grande do Sul, cujo resultado final de safra é esperado como sendo positivo pelas as famílias fumicultoras.

HOMENAGEM – A família que cedeu a propriedade para a realização do evento recebeu do SindiTabaco uma cesta com flores e da Afubra, uma cesta com produtos da Expoagro Afubra e um kit produtividade com insumos para o plantio de um hectare de milho.

ABERTURA - A organização da Abertura Oficial da Colheita do Tabaco foi da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul, junto com a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e Prefeitura de Canguçu, e reuniu mais de 350 pessoas, entre produtores de tabaco, autoridades e imprensa.

O professor, escritor e músico DANILO KUHN realizou na noite da última quinta-feira (6) no Restaurante Tropicalis, o lançamento do seu livro "O caçador de auroras" com  poemas, crônicas e contos. Vários amigos, livreiros e parentes prestigiaram o evento.  Richar Feijo registrou em fotografias o lançamento.
O livro recebeu o apoio da InFocus Certificados e Profissionalização, da UNIERGS, da Monte Real Barbearia, do Cantinho das Miudezas, da Paróquia da IECLB de São Lourenço do Sul, da Bergmann Lancheria e Restaurante, da loja Amplisom, da academia FITmais e da 2D Gráfica Expressa. A revisão do livro foi de Cleia Dröse (Português) e de Angelita Kolmar (Inglês e Alemão) e a foto da capa é de Arthur Martinez, com a arte de Diego Hartwig.
Na oportunidade, houve apresentação do Coral Pérolas da Lagoa - AABB São Lourenço do Sul com violão de DANILO KUHN e declamação de poesia por SILVANA GIOVANINI.

Página 1 de 599

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
X

Right Click

No right click