Quinta, 12 Setembro 2019 06:52

David Baini edição dia 12-09-19

Por

Troca de placas padrão Mercosul deixa de ser exigida em transferências no mesmo município
* A troca da placa de veículo para padrão Mercosul não será mais exigida em transferências de propriedade que ocorrem dentro de um mesmo município a partir do último dia 27 de agosto. A mudança foi estabelecida pela Resolução 780/2019, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que ainda manteve a troca nos demais casos. A nova placa segue obrigatória na substituição em decorrência de mudança de categoria do veículo (troca de cor da placa), furto, extravio, roubo ou dano; nas mudanças de município ou Estado; ou quando houver a necessidade de instalação da segunda placa traseira. Em resumo, será exigida a placa padrão Mercosul somente nos casos em que é necessária a fabricação de uma nova placa ou a troca da tarjeta. Para os Estados que ainda não adotaram a nova placa, o prazo final previsto para implantação era 30 de junho, mas a resolução estendeu o limite para 31 de janeiro de 2020. Também foram definidas novas regras para credenciamento de estampadores e fabricantes. Um dos pontos mais importantes é que as estampadoras poderão comprar a chapa-base de qualquer fabricante homologado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o que, segundo o Contran, possibilitará o aumento da concorrência, reduzindo o valor da placa. Cerca de 1,3 mil estampadores e 21 fabricantes atendem a todo o país. O Rio Grande do Sul implantou a placa padrão Mercosul em 17 de dezembro de 2018, cumprindo o prazo previsto pela Resolução 729/2018 do Contran (agora revogada), que regulamentava a Resolução Mercosul 33/14, criadora do modelo único das placas para os países do bloco. Segundo o Ministério da Infraestrutura, o diferencial em relação ao modelo atual (cinza) são os itens de segurança, como o QR code, que possibilita rastrear a placa, dificultando a sua clonagem e falsificação. “É uma placa inteligente, que permite que os agentes de trânsito, por meio de aplicativo de fiscalização do Denatran, verifiquem a regularidade da placa e identifiquem outras importantes informações do veículo”, explica o ministro substituto da pasta, Marcelo Sampaio. (Texto: Mariana Goldmeier Tochetto/Ascom Detran)


GTA: Inspetoria Veterinária faz alerta
* A Inspetora Veterinária Dra. Débora ponsati, informou, no dia de ontem (quarta-feira) a este jornalista que para o Desfile Farroupilha do ano passado foram expedidas mais de 500 Guias de Trânsito de Animais (GTA). Neste ano, ATÉ AGORA, foram expedidas apenas 160 GTAs. A procedente preocupação da Dra. Débora é com o fato de que, na próxima semana deverá ocorrer um acúmulo na procura pelas Guias provocando problemas para os proprietários de equinos e também para a Inspetoria. Ela sugere que, quem puder, agilize junto à IDA a sua GTA.


Curtas & Importantes
* O Delegado de Polícia Dr. EDSON RAMALHO encontra-se em férias. Substituindo-o está o Delegado de Polícia de Piratini Dr. RAFAEL VITOLA BRODBECK.
* A Chefe do Correio de São Lourenço do Sul RITA ESCOBAR demitiu-se da empresa desde o final de junho. Até o presente momento não foi designado seu substituto. Ao menos que se saiba.


Granizo atingiu meio rural em São Lourenço do Sul
* NA madrugada da última quarta-feira (dia 11) o interior de São Lourenço do Sul foi atingido por uma chuva de granizo. Segundo informações obtidas, entre as localidades atingidas na zona rural do município estão Santa Tereza, Pinheiros, Picada Formosa, Faxinal, Pinheirinhos, Evaristo, Picada Esperança e Gusmão. Não houve relato de falta de energia elétrica. Na Afubra, segundo fiquei sabendo, chegaram apenas 6 avisos de lavouras de fumo atingidas. Como as lavouras recém haviam sido plantadas, o prejuízo é pequeno.


Sentença ainda não transitou em julgado
* NA GRANDE IMPRENSA e na rede social está sendo noticiada a sentença condenatória da Justiça Federal para três pessoas ligadas a São Lourenço do Sul. Tendo em vista a “indústria da tentativa de dano moral” estabelecida no Estado e no País, O LOURENCIANO estabeleceu publicar apenas as sentenças transitadas em julgado (ou seja, aquelas que já tiveram todos seus recursos esgotados). Assim manda a Lei. Portanto...


CPMF: brasileiros estão indignados. Vou voltar para o Líbano
* ESTA COLUNA não poderia encerrar sem manifestar a indignação deste jornalista e de milhares de brasileiros contra o novo imposto anunciado ontem pelo Governo Federal para saques, depósitos e pagamentos com cartões. As alíquotas ficarão entre 0,2% e 0,4%. O Governo diz que o tributo vai desonerar gradualmente a folha das empresas. HAHAHA. Contem outra piada. Esse país não consegue viver sem criar novos impostos. Sai governo, entra governo, só sabem onerar o bolso do consumidor. Pelo amor de Deus! Vou me embora para bem longe. Na minha terra natal Líbano, nunca criam novos impostos! É para lá que eu vou.

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click