Segunda, 28 Maio 2018 09:24

David Baini 24-05-18

Por

Uso de celular na direção é a terceira causa de mortes no trânsito
*Em São Lourenço do Sul, no Brasil e no mundo Celular e direção são uma combinação perigosa. A Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) revelou que o uso de celular é a terceira maior causa de mortes no trânsito no Brasil – atrás apenas do excesso de velocidade e do consumo de álcool pelos motoristas. São cerca de 150 óbitos por dia no país e quase 54 mil por ano provocados pela utilização indevida do aparelho na hora de dirigir. A entidade promoveu um estudo para avaliar a interferência causada pelo ato de falar ao telefone celular, com o dispositivo em viva voz, e constatando que fatores humanos como a distração e a falta de concentração, ocasionadas pelo uso do celular, podem motivar o aumento de sinistros.

A proposição foi ótima. A execução deixou muito a desejar
O Vereador JONATÃ HARTER (PDT) foi o autor da proposição que virou realidade na rua Alfredo Born entre as ruas Mal. Floriano e Júlio de Castilhos onde foram pintadas barras para estacionamento de veiculos. O objetivo foi permitir que o maior número de veículos estacionasse corretamente. Acontece que a SMOU pintou as barras muito próximas umas das outras, desde a Casa das Novidades até a padaria Degar. Assim, os veiculos são obrigados a estacionar muito próximos uns dos outros. Tenho escutado INUMERAS reclamações de veiculos que estacionaram no local e acabaram arranhados. O PIOR é que dificilmente a SMOU vai se propor a reparar o equivoco. O amigo leitor pode anotar: até o final desta gestão, vai ficar tudo como está. Alguém dúvida? Em dezembro de 2020, quando acabará esta administração, falaremos de novo a respeito.


O turismo em Portugal e em São Lourenço do Sul
Do amigo RUY JOAQUIM DUARTE, que atualmente está passeando em Portugal com sua esposa Beth, li no facebook o texto, o qual faço questão de reproduzir pois, tenho certeza, muitos lourencianos vão querer se mudar para Portugal. Um deles sou eu: “me surpreende a todo o momento. turistas, turistas e mais turistas. Mesmo em cidades fora de Lisboa, como Porto, Guimarães, Braga, Albufeira, Évora, citando apenas algumas, as cidades lotadas de turistas. O Euro jorrando e todos se locupletando com esta, maravilhosa, indústria sem chaminés. Portugal tem 10 milhões e meio de habitantes, semelhante ao estado do RS de habitantes. Em 2017 recebeu, a bagatela de, algo em torno de 30 milhões de turistas. Não é de dar inveja, no bom sentido? Parabéns aos Portugueses, que oferecem uma magnifica estrutura turística, em todos os sentidos.”


Se já tivessemos meio Centro de Convenções a situação seria bem diferente
Há mais de 20 anos escuto a comunidade lourenciana questionar sobre a necessidade de um Centro de Conveções em nossa cidade. Quando iniciaram as obras do tão esperado, acabaram sendo paralisadas por decisão da atual administração municipal, que alega falta de recursos para a participação no projeto. Dói no coração assistir MAIS UMA VEZ, em maio, devendo ir até novembro, hotéis, pousadas e restaurantes vazios, sem clientes, com as finanças no vermellho. O problema não é novo. Existe há várias décadas. Porém, estariamos muito perto de começar a resolver o problema se o Centro de Convenções não tivesse paralisado as obras. Escrevo isso, uma vez mais, profundamente sensibilizado com a dificil situação de nosso turismo. Enquanto isso. Portugal, onde dizem que não são tão inteligentes, estão nos dando de dez a zero, com o turismo religioso e o Centro de Convenções. Turismo só no verão, São Lourenço do Sul já cansou. O desafio continua sendo o inverno.

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click