Sexta, 28 Fevereiro 2020 06:43

David Baini edição dia 28-02-20

Por

Quanto gastou em diárias o Executivo Municipal?
* NA EDIÇÃO passada esta coluna publicou os dados em diárias e telefonemas do Legislativo Municipal. Nesta edção o Executivo Municipal mostrando também transparência, divulgou as diárias de seus integrantes durante o ano de 2019:
Rudinei Härter - R$ 11.292,14 - Prefeito Municipal
Jaqueline Bergmann - R$ 3.303,20 - Secretária Municipal de Saúde
Silvia Regina Farias Machado - R$ 1.604,14 - Secretária Especial de Gabinete, Secretária Municipal de Administração, Secretária Municipal de Educação, Cultura e Desporto
José Valdoir Ribeiro - R$ 1.435,18 - Secretário Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação
Rosângela Helms Saalfeld - R$ 473,40 - Secretária Municipal de Planejamento e Meio Ambiente
Bruno Leitzke - R$ 364,38 - Secretário Municipal de Desenvolvimento Rural
Paulo Rodolpho Guimarães Gil - R$ 202,86 - Secretário Municipal de Planejamento e Meio Ambiente
Luis Carlos Citrini Braga - R$ 135,26 - Secretário Municipal de Turismo, Indústria e Comércio
Carlos Antônio Becker Lessa - R$ 0,00 - Vice-Prefeito
Vilno Bork - R$ 0,00 - Secretário Municipal de Fazenda
Cristiane de Amaral Hax - R$ 0,00 - Secretária Municipal de Educação, Cultura e Desporto
Délcio Andersen - R$ 0,00 - Secretário Municipal de Obras e Urbanismo
Eduardo Schneid da Silveira - R$ 0,00 - Secretário Especial de Gabinete
Lélio Blank - R$ 0,00 - Secretário Municipal de Obras e Urbanismo
Moisés Ireno Araújo - R$ 0,00 - Secretário Municipal de Desenvolvimento Rural
* COMO SE VÊ, sete integrantes do Executivo não tiveram despesas com diárias no ano passado.
PS.: não foi informada a despesa com telefones do Executivo.


Na Assembleia Legislativa querem acabar com a meia entrada
* OS DEPUTADOS Estaduais FÁBIO OSTERMANN e seu colega GIUSEPPE RIESGO, do Partido Novo, entraram com o Projeto de Lei 32/2020, pretendendo acabar com a meia entrada nos eventos culturais para estudantes, idosos e pessoas com deficiência. Existe a Lei Federal 1293/2013 garantindo aos estudantes de educação básica e superior e pessoas com deficiência entre 15 e 29 anos o direito a ingresso reduzido nos eventos. A mesma vantagem é garantida ao cidadão com 60 anos ou mais, através do Estatuto do Idoso. Para OSTERMANN, no entanto, os benefícios seriam causadores de um aumento generalizado nos preços de ingressos. O parlamentar sustenta que “diante da obrigação de oferecer desconto de 50% sobre o valor original, organizadores de shows e competições esportivas estariam elevando o valor cobrado do público em geral, como forma de compensar eventuais perdas com a concessão de meia-entrada”.
Mais uma vez foi proibido usar máscaras no Carnaval
* SEGUNDO INFORMAÇÕES obtidas pelo jornal O LOURENCIANO na noite da última segunda-feira, em pleno centro da cidade, cinco foliões que fizeram de conta não existir a portaria do Executivo, proibindo circular de máscaras no rosto, foram abordados pela Brigada Militar e “convidados” a entregá-las imediatamente. A respeito desse fato, a coluna quer destacar que, em nosso entendimento, um dos motivos que tornaram o Carnaval lourenciano mais pacífico e tranquilo foi essa portaria baixada no 1º Governo Zé Nunes, proibindo o uso de máscaras no Carnaval. Daí para frente as coisas mudaram completamente pois atrás de uma máscara, qualquer elemento tem a coragem de praticar um assalto, roubo, agressão, traficar drogas, enfim, agir criminosamente à vontade. Posso estar enganado, porém São Lourenço do Sul é um dos poucos municípios da região que adota essa elogiável medida. Deve ser destacado também que todos prefeitos sucessores, entendendo a importância da medida, contiuaram adotando-a. Parabéns para São Lourenço do Sul!


A fala do Comodoro do Iate clube
* O Comodoro do Iate Clube ARMANDO MONTANO NETO, assim manifestou-se para esta coluna sobre o sucesso do 53º Encontro da Vela: “Conseguimos resgatar as edições antigas, com uma programação náutica extensa. Foram dois dias de regatas, com a premiação na noite de segunda-feira, deixando a terça-feira para retorno das embarcações. A consolidação das regatas de monotipos, particularmente da classe Optimist, para crianças, trouxe novas gerações para o Encontro da Vela, despertando interesse local. Com relação ao clube, a sede social teve grande movimentação durante toda a temporada, particularmente pelos sócios residentes na cidade. Isto nos traz um desafio para este ano”.

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click