Quinta, 07 Novembro 2019 06:40

Secretário de Assistência Social incentiva comunidade a destinar uma parte de seu imposto de renda

Por

 

Coronel VALDOIR RIBEIRO, Secretário de Assistência Social, falou ao jornal O LOURENCIANO sobre a possibilidade das pessoas jurídicas destinarem uma parte de seu imposto de renda ao Fundo do Idoso ou da Criança: “ESTAMOS estimulando a população e todas aquelas pessoas que realizam a declaração do imposto de renda, modelo completo, e também as pessoas jurídicas para, quando fazerem o ajuste, possam destinar uma parte de seu IR, sem tirar nada do bolso, aos fundos do Idoso e da Criança. São Lourenço do Sul pode arrecadar R$ 600 mil por ano. Dados fornecidos pela Receita Federal. No entanto, arrecada apenas R$ 23 mil. Mandamos “de presente”, para Brasília, R$ 580 mil que poderiam ficar aqui na cidade. Poderíamos melhorar as condições da APAE, Casa da Criança, Lar Santo Antônio, entidades carentes, que prestam relevantes serviços à comunidade. Estamos trabalhando nisso, incentivando. Basta a pessoa chegar no seu Contador e informar que deseja destinar o percentual permitido por lei para o Fundo da Criança ou do Idoso, que são as instituições habilitadas e credenciadas na receita para receber. Todos contadores estão orientados a fazer isso e não vai dar problema para ninguém. As pessoas têm que aproveitar e trazer os 3% para São Lourenço do Sul através de seu imposto de renda.

O Jornal

Contato

Localização

Social

© 2018 Jornal O Lourenciano
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Política de Privacidade

X

Right Click

No right click